CADEIA NELE: NO CARNAVAL DE CODÓ DUAS CRIANÇAS SÃO ATINGIDA POR TIRO E UMA TEM APENAS 10 MESES DE VIDA.

O DESOCUPADO BRUNO DOS SANTOS E A GARRUCHA USADA NO CRIME.

O DESOCUPADO BRUNO DOS SANTOS E A GARRUCHA USADA NO CRIME.

CODÓ – Um elemento conhecido por Bruno dos Santos Silva, morador do conjunto Mutirão, 18 anos. Foi autor de um disparo de uma arma de fabricação caseira do tipo garrucha, o disparo foi no meio do arrastão do São Francisco quando este descia a rua Afonso Pena, no centro de Codó, já depois de 1h da tarde desta segunda-feira (16), ferindo duas crianças, e o autor do disparo por pouco não foi linchado pelos foliões.

Bruno dos Santos, contou aos policiais militares que se desentendeu com um outro rapaz identificado pelo nome de Babalu. Quando sacou a arma para se defender disparou-a e acabou atingindo as duas crianças que brincavam na companhia dos pais. Segundo o tenente Igor Vieira, as crianças atingidas têm respectivamente 10 meses e 10 anos de idade. A mais nova foi atingida na cabeça.

“A de 10 meses levou um tiro na cabeça e foi levada para Presidente Dutra, mas segundo a enfermeira o estado dela não é muito grave. A de 10 anos foi atingida no ombro, me parece que o estado também não é muito grave”, explicou o tenente por telefone. Bruno por pouco não foi linchado pelos brincantes do bloco. Foi salvo por sargento Denilson que o deteve na hora e coibiu o linchamento.

“Foi preso na hora, o pessoal que estava de plantão, Sargento Denilson, de maneira heróica, agarrou ele, as pessoas quiseram linchá-lo, mas o sargento o algemou, conteve a ação (das pessoas) e ele foi preso, juntamente com a garrucha”, disse Igor Vieira.

Você pode gostar...