Caminhoneiro que estava desaparecido é encontrado e preso com mais de R$ 47 mil enterrados em esconderijo.

Caminhoneiro Obadias Pereira da Silva, na Delegacia de Zé Doca.

MARANHÃO – As primeiras imagens do caminhoneiro Obadias Pereira da Silva, na Delegacia de Zé Doca, mostram que ele está algemado, rodeado de policias que participaram de sua prisão, e com vários maços de dinheiro roubado da Central de Distribuição do Banco do Brasil de Bacabal. O total chega a R$ 47.675,00.

Logo após a prisão do caminhoneiro em Araguanã, os PMs seguiram com ele ao local do esconderijo de parte da quadrilha, na localidade conhecida como Quadra 11, a 20 km de Nova Olinda, onde Obadias disse ter sido deixado pelos assaltantes. A mochila com o dinheiro foi encontrada enterrada nos fundos de uma propriedade.

As informações da polícia dão conta de que os quatro assaltantes que abandonaram Obadias estão armados com fuzis e e embrenhados no matagal. As equipes policiais estão de prontidão porque eles podem tentar sair por Nova Olinda ou mesmo por Presidente Sarney.

A polícia ainda não forneceu detalhes da prisão do caminhoneiro que teria sido feito refém da quadrilha, como ele mesmo disse em mensagem enviada à esposa no dia do assalto. No entanto, pelas informações policiais, ele foi preso por suspeita de pertencer à quadrilha.

O caminhoneiro foi preso em Araguanã após ter entrado em contado com a família usando o celular emprestado e disse que estava muito debilitado. A família contatou o delegado de Zé Doca, que acionou a Polícia Militar para ir buscar Obadias. O caminhoneiro será transferido para São Luís e os detalhes da prisão dele devem ser fornecidos à imprensa durante entrevista coletiva.

CAMINHONEIRO OBADIAS COM O DINHEIRO ENCONTRADO COM ELE.

 

(FONTE: GILBERTO LIMA)

Você pode gostar...