Caso Décio Arquivo

Caso Décio: Desembargador revoga prisão preventiva de Gláucio Alencar

Caso Décio: Desembargador revoga prisão preventiva de Gláucio Alencar
MARANHÃO – Acusado de ser um dos mandantes do assassinato do jornalista Décio Sá, ocorrido em 2012, na Avenida Litorânea, em São Luís, o empresário Gláucio Alencar Pontes de Carvalho obteve mais uma vitória na Justiça. Em decisão proferida no último dia 15, o desembargador José Luiz Oliveira de Almeida, da Segunda Câmara Criminal do Tribunal

Justiça manda soltar Júnior Bolinha, acusado de mandar assassinar o jornalista Décio Sá.

Justiça manda soltar Júnior Bolinha, acusado de mandar assassinar o jornalista Décio Sá.
MARANHÃO – Nesta quinta-feira (14), a Justiça, por meio de decisão da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), mandou soltar José Raimundo Sales Chaves Júnior, o Júnior Bolinha, acusado de ser um dos mandantes do assassinato do jornalista Décio Sá, ocorrido em abril de 2012, em São Luís. O relator do caso

Acusado de mandar mata o jornalista Décio Sá consegue Habeas Corpus.

Acusado de mandar mata o jornalista Décio Sá consegue Habeas Corpus.
MARANHÃO – O desembargador José Luiz Almeida, do Tribunal de Justiça do Maranhão, concedeu habeas corpus em caráter liminar em favor de Gláucio Alencar Pontes Carvalho, que é tido como o mandante da morte do jornalista Décio Sá, na noite do dia 23 de abril de 2012. Gláucio já cumpria prisão em regime domiciliar por conta de

Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou pedido de liberdade a Júnior Bolinha envolvido no assassinato do jornalista Décio Sá.

Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou pedido de liberdade a Júnior Bolinha envolvido no assassinato do jornalista Décio Sá.
SÃO LUÍS /MA – A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou pedido de liberdade ao empresário José Raimundo Chaves Júnior, o ‘Júnior Bolinha’, denunciado por suposta participação no assassinato do jornalista maranhense Décio Sá, em 2012. De forma unânime, o colegiado afastou a tese de excesso de prazo na prisão preventiva em virtude

Acusado de mandar matar o jornalista Décio Sá, Gláucio Alencar é posto em liberdade pelo STJ.

Acusado de mandar matar o jornalista Décio Sá, Gláucio Alencar é posto em liberdade pelo STJ.
SÃO LUÍS/MA – O ministro Ribeiro Dantas, do Superior Tribunal de Justiça  (STJ), determinou a soltura do empresário Glaucio Alencar (foto), que estava preso na penitenciária regional de São Luís acusado de ser o mandante do assassinato do jornalista Décio Sá, executado com vários tiros, em 2012, na Avenida Litorânea, na capital maranhense.  Em nota

TJMA nega habeas corpus a um dos envolvidos na morte do blogueiro Décio Sá.

TJMA nega habeas corpus a um dos envolvidos na morte do blogueiro Décio Sá.
MARANHÃO – Por maioria de votos, a 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) negou pedido de habeas corpus em favor de Gláucio Alencar Pontes Carvalho, preso preventivamente pela suposta prática de crimes de desvios de verbas públicas, formação de quadrilha e lavagem de capitais, no município de Bacabal (MA). Segundo denúncia

Hoje faz quatro anos sem o blogueiro e jornalista Décio Sá..

Hoje faz quatro anos sem o blogueiro e jornalista Décio Sá..
MARANHÃO – Para lembrar o 4º aniversário de morte do jornalista e blogueiro, Décio Sá, neste sábado, 23 de abril, será realizada uma missa no santuário nossa senhora da conceição do bairro do monte castelo em São Luís, a partir das 5:30 da tarde. Décio Sá, foi assassinado na avenida litorânea na capital maranhense no

Caso Décio Sá: Marcos Bruno, o ‘piloto de fuga’, é condenado a 18 anos e três meses de reclusão.

Caso Décio Sá: Marcos Bruno, o ‘piloto de fuga’, é condenado a 18 anos e três meses de reclusão.
SÃO LUÍS – Cúmplice do assassinato do jornalista Décio Sá, Marcos Bruno Silva de Oliveira foi condenado a 18 anos e três meses de reclusão. O julgamento, que foi iniciado na manhã de quarta-feira (13) no 1º Tribunal do Júri, no Fórum Desembargador Sarney Costa, foi encerrado por volta de 23h30.   Marcos é acusado

TJ INOCENTA CINCO ACUSADOS DA MORTE DO BLOGUEIRO DÉCIO SÁ.

TJ INOCENTA CINCO ACUSADOS DA MORTE DO BLOGUEIRO DÉCIO SÁ.
MARANHÃO – O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), através da 2ª Câmara Criminal, livrou nesta quarta-feira (2) os cinco réus acusados pelo crime das acusações de homicídio e formação de quadrilha – no Caso Décio Sá. Sendo que os mesmos estão livres destas denúncias específicas – e não mais serão levados a júri popular, o

TJ JULGARÁ NESTA QUARTA-FEIRA (18) TRÊS PROCESSOS DA MORTE DO BLOGUEIRO DÉCIO SÁ.

TJ JULGARÁ NESTA QUARTA-FEIRA (18) TRÊS PROCESSOS DA MORTE DO BLOGUEIRO DÉCIO SÁ.
MARANHÃO – Em sessão extraordinária da 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) nesta quarta-feira (18), às 9h, serão julgados três processos relativos ao assassinato do jornalista Décio Sá, ocorrido em 23 de abril de 2012. Os recursos a serem julgados são de relatoria do desembargador José Luiz de Almeida. O julgamento

ACUSADO DE MANDAR MATAR JORNALISTA DÉCIO SÁ É OUVIDO EM SÃO LUÍS.

ACUSADO DE MANDAR MATAR JORNALISTA DÉCIO SÁ É OUVIDO EM SÃO LUÍS.
SÃO LUÍS – Gláucio Alencar, acusado de ser o mandante da morte do jornalista Décio Sá, em abril de 2012, foi ouvido na manhã desta sexta-feira (29) na Superintendência de Investigações Criminais (Seic), em São Luís. No local, ele prestou declarações sobre o crime de agiotagem, investigado no Maranhão. Sem a presença do seu advogado,

ACUSADO DE SER UM DOS MANDANTES E FINANCIADOR DO ASSASSINATO DO JORNALISTA DÉCIO SÁ TEM HABEAS CORPUS NEGADO PELO STF.

ACUSADO DE SER UM DOS MANDANTES E FINANCIADOR DO ASSASSINATO DO JORNALISTA DÉCIO SÁ TEM HABEAS CORPUS NEGADO PELO STF.
MARANHÃO – Depois do Tribunal de Justiça do Maranhão, foi a vez do Supremo Tribunal Federal (STF) negar Habeas Corpus a Gláucio Alencar Pontes, acusado de ser um dos mandantes e financiadores do assassinato do jornalista Décio Sá. Quem negou o Habeas Corpus a Gláucio foi a ministra Rosa Weber. No HC, sua defesa sustentou