Crime Ambiental Arquivo

BR-230 pode estar sendo rota de madeira ilegal no sul do MA, diz PRF.

BR-230 pode estar sendo rota de madeira ilegal no sul do MA, diz PRF.
BALSAS – A BR-230, que passa pelo município de Balsas, a 810 km de São Luís, pode estar sendo usada como rota para extração ilegal de madeira. Em menos de 15 dias, dois carregamentos de madeira sem documentação legal foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal na rodovia. A última apreensão ocorreu na madrugada desta segunda-feira

ÓRGÃOS AMBIENTAIS SÃO ACIONADAS PELO MPF POR PESCA ILEGAL NOS LENÇÓIS MARANHENSES.

ÓRGÃOS AMBIENTAIS  SÃO ACIONADAS PELO MPF POR PESCA ILEGAL NOS LENÇÓIS MARANHENSES.
MARANHÃO – O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) propôs ação civil pública, com pedido de liminar, contra a União, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama), pela omissão em adotar medidas eficazes de controle e fiscalização da atividade pesqueira, principalmente a

PREFEITURA DE CURURUPU É ACUSADA DE COMETER ”CRIME AMBIENTAL”

PREFEITURA DE CURURUPU É ACUSADA DE COMETER ”CRIME AMBIENTAL”
CURURUPU- O prefeito de Cururupu, Júnior Franco, esta provocando “danos ao meio ambiental” através da construção de uma obra sem qualquer critério de ordem técnica, sem projeto logístico, sem licitação feita, apenas com aviso publicado, o que por ele é usual. Segundo fonte do Blog do Neto Ferreira, o responsável pela obra é o senhor

DEPUTADO OTHELINO NETO TEM RECURSO NEGADO PELO MP.

DEPUTADO OTHELINO NETO TEM RECURSO NEGADO PELO MP.
MARANHÃO– A Justiça Estadual do Maranhão negou o recurso apresentado pelo deputado Estadual Othelino Nova Alves Neto contra a sua condenação por improbidade administrativa ambiental, concessão de licença sem cumprimento de formalidades legais e omissão do dever de fiscalização. O recurso foi negado pelo juiz Manoel Matos de Araújo Chaves, da Vara de Interesses Difusos

MARANHÃO PERDEU MAIS DE 70% DE MATA NATIVA COM DESMATAMENTO.

MARANHÃO PERDEU MAIS DE 70% DE MATA NATIVA COM DESMATAMENTO.
Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam o desmatamento de 71,28% da floresta original no Maranhão, percentual equivalente a 105.195 quilômetros quadrados. Do restante das terras, correspondentes a 42.390 quilômetros quadrados, 52% dessas reservas naturais estão destinadas aos índios que, por lei, têm a posse integral do espaço. Ainda segundo o Inpe, 13%