CGJ vai apurar excesso de liminares em Caxias para Medicina na UEMA

Desembargador Marcelo Carvalho Silva.

MARANHÃO – Nesta segunda-feira (02), a Corregedoria Geral de Justiça (CGJ) do Maranhão confirmou que já abriu sindicância para apurar as denúncias sobre o excesso de liminares concedidas para a transferência de alunos para o curso de Medicina da UEMA, em Caxias.

A informação foi dada pelo próprio corregedor do Tribunal de Justiça do Maranhão, o desembargador Marcelo Carvalho Silva, que respondeu prontamente a solicitação deita pela Assembleia Legislativa.

O deputado estadual César Pires (PV) disse ainda que a Assembleia Legislativa vai acionar o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e espera que com essas medidas possa solucionar o imbróglio criado pelo excesso de liminares. É aguardar e conferir, mas o cerco está fechando e os alunos da UEMA do curso de Medicina de Caxias, agradecem.

Você pode gostar...