Cigana que exibiu armas e fez ameaças em vídeo é presa em Coelho Neto

CIGANA PRESA EM COELHO NETO.

COELHO NETO/MA – Policiais da Delegacia Regional de Caxias, em conjunto com o 2° BPM, efetuaram, na tarde dessa quinta-feira (22), a prisão de Francylucia Rocha dos Santos, de 31 anos, em cumprimento a mandado de prisão temporária, expedido pelo juiz Paulo Roberto Brasil Teles de Menezes, titular da 1° Vara de Coelho Neto.
Francylucia aparece em um vídeo exibindo armas de uso restrito e proferindo ameaças contra um cigano rival. O vídeo foi compartilhando em grupos de WhatsApp no mês de junho deste ano.
No momento da prisão, vários ciganos se concentraram em frente à delegacia, sendo necessária a transferência imediata de Francylucia para a Unidade Prisional de Ressocialização. A cigana e seu companheiro, Antônio Carlos Sobral da Rocha, conhecido como “Didoca” ou “Campelo”, são suspeitos de participação na chacina ocorrida no dia 09 de junho deste ano, em Coelho Neto, a 365 km de São Luís.
“Didoca” já havia sido preso pela Superintendência de Policial Civil do Interior (SPCI) na cidade de Arari. Ambos são de etnia cigana. Francylucia já responde a processo por tráfico de drogas na comarca de Pio XII.

No vídeo, Francylucia aparece fazendo ameaças contra um homem conhecido como “Chico do Jambu”, que seria um dos rivais do grupo de ciganos de Coelho Neto. O vídeo foi publicado nas redes sociais no dia 17 de junho. Exibindo armas de grosso calibre, a mulher diz o seguinte:

“Chico do Jambu, essa daqui é pra tu: uma 9mm, 31 tiros. Nós já lutemos pra te pegar na correria, mas nós não conseguimos. Agora, temos que te pegar é de bala. Esse pente é só pra tu e teus robozinhos, que estão aí pertinho de tu. Esse daqui é pra teus cachorrinhos mais fracos. Essa daqui é só pra eu descarregar na b* de tua mulher, na hora que eu pegar ela. Se daqui pra lá ela já não tiver morrido. Essa daqui eu vou disparar dentro do teu c*. Se eu não conseguir te pegar com a 9mm, eu te pego com essa daqui. Não te preocupa, não, que morrer tu vai. E os teus robôs também. Tua hora tá chegando. Se essas duas não te pegar, tu pode dizer assim: não vou morrer mais na mão de cigano. Vou morrer de morte mesmo”.
Pelas imagens, as armas exibidas são pistolas e uma espingarda calibre .20, municiadas. No vídeo, observa-se que a mulher está sendo orientada por um homem que não aparece nas imagens. Uma criança chega a aparecer rapidamente na filmagem.

(FONTE: GILBERTO LIMA)

Você pode gostar...