Com disputa ainda acirrada, eleição do MDB é adiada para o final de março.

Deputado estadual Roberto Costa e o deputado federal Hildo Rocha disputam o comando da legenda.

MARANHÃO – Na Era pós-Sarney, o MDB tem sido palco de disputa e confusão. O deputado estadual Roberto Costa e o deputado federal Hildo Rocha disputam o comando da legenda e ainda é esperado um consenso dentro do partido. Mas a cada dia fica mais difícil uma solução.

A eleição estava marcada desde o ano passado para fevereiro, primeiro para o dia 17, que foi ontem. Mas a falta de consenso causou um novo adiamento. Agora, a eleição está marcada para o final de março, provavelmente dia 24.

O deputado Roberto Costa, aliado de primeira hora do atual presidente, ex-senador João Alberto, é candidato, mas diz que abre para um nome de consenso, no caso, do próprio atual presidente. O adversário, Hildo Rocha, reiteradamente diz que não abre mão da candidatura de jeito nenhum.

Caso não tenha jeito mesmo e os dois batam chapa, o grupo de João Alberto tem a maioria dos diretórios e leva vantagem contra Hildo. Mas o deputado federal tem um mês para viabilizar votos. O problema é que em uma disputa, o partido que já está respirando com ajuda de aparelhos, irá rachar de vez.

Você pode gostar...