Corpo do cantor e compositor Papete será cremado em São José de Ribamar.

Corpo de Papete é levado para crematório do Cemitério Jardim da Paz.

Corpo de Papete é levado para crematório do Cemitério Jardim da Paz.

SÃO LUÍS – O corpo do cantor e compositor Papete foi levado na tarde desta sexta-feira (27) ao local onde será cremado, no Cemitério Jardim da Paz. A cremação será realizada apenas no sábado (28), quando completa 48 horas do óbito do cantor. As cinzas serão lançadas sobre o Rio Mearim, na cidade de Babacal, onde Papete nasceu.

O corpo de Papete chegou ao local da cerimônia após cortejo de mais de 10 Km em carro do Corpo de Bombeiros, que partiu da Casa do Maranhão, no Centro de São Luís, onde foi velado.

Amigos, fãs e artistas prestaram as últimas homenagens na despedida de uma grande referência da cultura popular do Maranhão.  Muitas pessoas acompanharam o cortejo e a cerimônia. Eles deram uma salva de palmas e cantaram vários sucessos do artista durante a despedida.

José de Ribamar Viana, o Papete, morreu na madrugada dessa quinta-feira (26), aos 68 anos, de insuficiência cardiorrespiratória, segundo informou a família. Papete lutava contra um câncer de próstata e estava internado no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo. O quadro havia piorado nos últimos dias.

Amigos, família e fãs no velório
Papete estava sendo velado desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (27) na Casa do Maranhão, onde amigos, fãs e familiares prestavam a última homenagem. Vários artistas estiveram presentes na cerimônia como o amigo e também músico Chiquinho França, a sambista e compositora Patativa, o cantor Tutuca, o músico e cantor Gerude.

“Eu acho que o Papete foi inspiração para toda essa gama de artistas que apareceram depois dele. Papete é uma grande referência, não só para a música, mas como para a cultura, folclore” afirmou Chiquinho França.

Papete é ícone da cultura maranhense.

Papete é ícone da cultura maranhense.

 

Você pode gostar...