CORPO DO FILHO DO GOVERNADOR ALCKMIN MORTO EM ACIDENTE É VELADO EM SÃO PAULO.

Thomaz Rodrigues Alckmin, de 31 anos, filho do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Thomaz Rodrigues Alckmin, de 31 anos, filho do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

SÃO PAULO – O corpo de Thomaz Rodrigues Alckmin, de 31 anos, filho do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que morreu na quinta-feira (2), na queda de um helicóptero em Carapicuíba, chegou por volta de 3h da madrugada desta sexta-feira (3) ao velório nas dependências do hospital israelita Albert Einstein, no Morumbi, Zona Sul da capital paulista.

O filho mais novo do governador foi uma das cinco vítimas do acidente envolvendo um helicóptero da empresa Seripatri, que caiu sobre uma casa em Carapicuíba sem deixar sobreviventes. Além do caçula de Alckmin, morreram o piloto Carlos Haroldo Isquerdo Gonçalves, de 53 anos, e os mecânicos Paulo Henrique Moraes, de 42 anos, Erick Martinho, de 36 anos, e Leandro Souza, de 34 anos. O governador de São Paulo, sua esposa Lu Alckmin, seus outros dois filhos, Sophia e Geraldo, e a esposa de Thomaz, Thais Fantato, estão no local recebendo amigos e familiares. O velório não será aberto ao público.

Entre os que compareceram à cerimônia estão o vice-governador do estado, Márcio França, o secretário da Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, o secretário da Casa Militar, José Roberto Rodrigues de Oliveira, o empresário João Doria Jr. e o cantor e apresentador Ronnie Von.

A previsão é de que o velório aconteça até às 14h, quando está previsto o translado do corpo para a cidade de Pindamonhangaba (a 156 km de São Paulo), onde Thomaz será enterrado no cemitério municipal da cidade. O enterro está previsto para às 17h.

O acidente
O acidente ocorreu por volta das 17h20 de quinta-feira (2), segundo os bombeiros. A Seripatri informou, em nota divulgada às 19h11, sem listar os nomes, que um piloto e três mecânicos faziam um voo de teste depois de uma manutenção preventiva. A confirmação de que houve uma quinta vítima só foi divulgada pelos bombeiros por volta das 20h30, também sem divulgar nomes naquele momento.

Thomaz Alckmin trabalhava como piloto. Ele era casado desde 2011 com a arquiteta Thais Fantato e deixa duas filhas, uma de 10 anos e outra recém-nascida, com aproximadamente um mês. Em nota oficial, o governo lamentou o acidente e prestou solidariedade às famílias das demais vítimas.

A mãe de Thomaz, a primeira-dama Lu Alckmin, estava em Campos do Jordão e chegou por volta das 21h50 ao Palácio dos Bandeirantes. Alckmin estava em viagem pelo interior do estado e voltou para contar pessoalmente a ela sobre a morte do filho.

Você pode gostar...