DEPOIS DO DESMANTELO NO GRUPO DO GOVERNO, LUÍS FERNANDO VISITA ROSEANA

ROSEANA E LUÍS FERNANDO

LUÍS FERNANDO E ROSEANA.

SÃO LUÍS – Depois do desmantelo do grupo a governadora Roseana Sarney recebeu a visita de cortesia do ex-secretário de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, no fim da manhã desta segunda-feira (07), no Palácio dos Leões. Durante a conversa, Luis Fernando agradeceu à governadora Roseana o apoio recebido. Ele também reiterou que continuará trabalhando pelo grupo, colocando-se à disposição para contribuir com o candidato que for escolhido para concorrer à sucessão estadual.

No entanto, o encontro não mudou em absolutamente nada o quadro, ou seja, Luis Fernando está fora das disputas e o eventual candidato será Lobão Filho. A visita e a foto serviram apenas para demonstrar que apesar dos pesares, o clima de cordialidade e amizade entre Luis Fernando e Roseana Sarney, continua o mesmo, nada mais.

O cenário atual na corrida para o governo do estado nas eleições deste ano com a “rasteira” dada no ex-secretário de Infraestrutura do estado, Luis Fernando Silva e com a possível candidatura do suplente de senador, Edinho Lobão (PMDB), o quadro parece não ser bom. A troca resultará para a oligarquia uma queda.

PREJUIZO DESTA QUEDA:
Luis Fernando abdicou de dois anos de governo na prefeitura de São José de Ribamar (quando ainda era prefeito) para abrir caminho ao seu então vice-prefeito, Gil Cutrim, para, consequentemente, ter a chance de ser governador do Maranhão, após já ter percorrido quase todo o estado em busca de apoio, agora ver seu sonho jogado no lixo sem um motivo convincente.
No último sábado (05) Luis Fernando desistiu da disputa ao governo do estado, e o nome mais cotado para tal é o do suplente de senador, Edinho Lobão, filho do atual Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB).

 

Sendo Ministro da pasta que cuida dos assuntos relacionados à energia, Lobão não conseguiu emplacar e dar andamento a construção da refinaria Premium I da Petrobrás, em Bacabeira. Desde sua implantação em 2010, onde o então presidente da república, Luis Inácio Lula da Silva, acompanhado de toda sua cúpula da política do maranhão, entre eles, a governadora Roseana Sarney (PMDB), Ex-presidente da República, José Sarney (PMDB), Senador e atual ministro de Dilma, Edison Lobão (PMDB) e a própria Presidenta Dilma (PT), vieram ao maranhão prometer mundos e fundos para o maranhão, porém, o resultado todo mundo sabe: Refinaria e empregos, nada!

A falência da Refinaria Premium I da Petrobrás é uma das razões para o maranhão não votar no filho do Ministro de Minas e Energia do governo Dilma. Na qualidade de filho e suplente do pai no senado, Edinho não tem experiência e nem prestígio político suficiente para ser governador do Maranhão. Luis Fernando seria muito mais proveitoso para o estado do que Edinho, por ser mais técnico. Contudo, o que ocorre nos bastidores da oligarquia é segredo de estado, ninguém fica sabendo.

O futuro político de Luis Fernando, que até sexta-feira (04) era definido, agora se tornou incerto. Ele poderá ser o candidato ao senado ou mesmo, disputar uma vaga na câmara federal, se preferir. A oligarquia está mostrando fragilidade a cada dia que passa, e a escolha de Edinho para o lugar de LF ao cargo de candidato a governador pode lhes causar um prejuízo ainda maior.

 

Você pode gostar...