DEPUTADO CABO CAMPOS DIZ QUE “DECISÃO DE JUIZ HOJE É PIADA” AO FALAR SOBRE INDULTO PARA BANDIDOS.

Deputado Cabo Campos (PP).

Deputado Cabo Campos (PP).

MARANHÃO – O deputado estadual Cabo Campos (PP) subiu à tribuna nesta segunda-feira (25), para falar sobre a chacina que ocorreu no fim de semana na Praia de Panaquatira, em São José de Ribamar. Ao falar sobre a morte do soldado do 6º Batalhão da Policia Militar, Max Muller Rodrigues de Carvalho e de outras pessoas, o parlamentar se emocionou.

“Hoje pela manhã, estive, mais uma vez, na triste situação de tentar consolar mais uma família de um militar. Nós fomos eleitos para quê neste Maranhão? Para quê, que a população maranhense nos deu voto? Para a gente se omitir e deixar nossos heróis tombando? O camarada que preserva nossa vida, nossa família, ou para a gente reagir?”, desabafou.

Campos demonstrou indignação ao comentar decisão da Justiça de conceder indulto para liberar detentos à passar o feriado com a família – e na maioria das vezes acabam não retornando para a cadeia. O parlamentar falou que é preciso chamar todos os parlamentares federais para discutir sobre a Leia de Execuções Penais, para modificar esse benefício dado aos criminosos.

“Nós temos que convocar os 18 deputados federais da bancada maranhense para cá para discutir essa questão de indulto, da Lei de Execuções Penais, que está fazendo de uma determinação, de uma decisão de um juiz uma piada. Decisão de juiz hoje é piada. O cara pega 10 anos, ele sabe que vai pegar os 10 anos, aí ele volta para rua para matar os meus parentes, os seus parentes, os meus amigos, os seus amigos e os policiais militares em questão”, disse o parlamentar. Quando o bandido vai contra alguém de bem, cidadão de bem, comum, ele vai contra aquilo que ele tem, o celular, o relógio, os óculos, o patrimônio, o carro. Mas quando ele vai contra esses homens que estão fazendo a segurança aqui, ele vai contra aquilo que eles são”, disse.

Você pode gostar...