DESCASO: Por falta de manutenção ambulância é empurrada por populares em Presidente Juscelino

PREFEITO MAGNO E O DESCASO NA SAÚDE DO MUNICÍPIO.

PRESIDENTE JUSCELINO/MA – A saúde pública de Presidente Juscelino vive seu pior momento das últimas duas décadas, segundo relatos de moradores da cidade ao Portal do Munim. A população da cidade relata que com frequência recorre aos serviços das unidades de saúde dos municípios vizinhos para não morrer sem garantia de atendimento.

Para completar até a ambulância doada pelo governo do estado esta jogada por falta de manutenção, um exemplo esta ai os moradores empurrando a mesma para carregar um paciente para capital, e faz tempo que a saúde de Presidente Juscelino agoniza. Mas, segundo os moradores a situação só piorou com a péssima administração do prefeito Magno Teixeira.

As unidades de saúde do município vive dias de superlotação e denúncias de mal atendimento. Nos Postos de saúde a situação é ainda pior. Quem busca atendimento por lá tem que esperar por horas seguidas. 

O povo passou a sentir na pele o descaso com a saúde. “A saúde de Presidente Juscelino faz vergonha. Tem poucos médicos para atender as pessoas que precisam. As pessoas são tratadas como lixo. É uma falta de respeito. Nos postos a fila é muito grande e quase não tem médico”, denuncia uma moradora do Povoado, que espera há meses para passar num ortopedista. 

Uma moradora revoltada conta que por todos os cantos do município, moradores questionam como a situação da saúde, que já era crítica, ficou ainda pior. Sem alternativa, quem ainda tem condições paga para ter atendimento fora. Quem não tem literalmente agoniza no serviço público ou recorre a capital. O retrato da saúde de Presidente Juscelino tem duas faces. De um lado pacientes reclamam da falta de atendimento e do outro os servidores criticam a falta de condições de trabalho e chegam a denunciar até mesmo a má qualidade da alimentação servida a eles.
Recentemente a reportagem do Portal do Munim recebeu denúncia dos funcionários do hospital, que alegaram ter sido obrigados a comer uma alimentação de péssima qualidade. Enquanto a população de Presidente Juscelino amarga a falta de atendimento em saúde os carros da marca “Toro”, que deveriam ser usados na saúde, são usadas para fins pessoais. Conforme denuncias repassadas ao Portal, o vereador e presidente da Câmara “se apossou” de um dos dois veículos, desaparelhando ainda mais a saúde do município e desviando a função da aquisição do veículo, diga-se de passagem com dinheiro público.

Você pode gostar...