DESCASO: Sem segurança crianças são obrigadas ir para escola de barco sem equipamentos necessarios em Presidente Vargas.

ALUNOS DE PRESIDENTE VARGAS SEM EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA INDO DE CANOA PARA ESCOLA.

PRESIDENTE VARGAS/MA – Não é novidade para ninguém em Presidente Vargas e também nas cidades vizinhas que a administração do prefeito Wellington Uchôa e seu grupo político é um verdadeiro desastre, a pior da história, diga-se de passagem. Mas, agora o prefeito ultrapassou o limite da irresponsabilidade e já pode ser considerado um assassino.
Recentemente fizemos uma publicação onde mostramos que os ônibus escolares do município estavam em péssimas condições de uso, como por exemplo, com assentos danificados, pneus carecas, falta de cinto e de demais equipamentos de segurança, extintores de incêndio, etc .

ÔNIBUS EM PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE USO

Os alunos da rede municipal convivem diariamente com ônibus em péssimas condições. Os problemas são os mais diversos, vão desde assentos danificados a pneus carecas, passando pela falta de cinto e de demais equipamentos de segurança, como extintores de incêndio. O risco de acidente é constante.

VEJA AS CONDIÇÕES DOS ÔNIBUS QUE CARREGA OS ALUNOS.

Agora Wellington conseguiu se superar, pois nem ônibus tem mais. Os estudantes que moram nos povoados Torres e Boca do Campo, por exemplo, precisam ir andando para a Escola São Mateus, no povoado Gaiolinha. Mas, não para por aí. Devido o gestor ter abandonado o ‘pontão’, os alunos precisam atravessar o rio de canoa e sem a mínima proteção ou segurança.
Como podemos observar nas imagens, o nível do rio está muito elevado devido ao período chuvoso e o risco de uma criança cair nas águas é altíssimo, inclusive perdendo a vida.

Desde já adiantamos que, caso isso ocorra, não poderá ser considerado acidente e sim um crime e o culpado é Wellington Costa Uchôa, prefeito municipal de Presidente Vargas. Por esse motivo o Titular do Blog clama para o Ministério Público, a Controladoria Geral da União e os demais órgãos fiscalizadores competentes para que tomem uma medida urgente, pois vidas podem ser perdidas a qualquer momento.

CRIANÇAS TRAVESSANDO O RIO MUNIM SEM UM PINGO DE SEGURANÇA.

 

(FONTE: ALPANIR MESQUITA)

 

Você pode gostar...