Desembargador Cleones Cunha é eleito vice-presidente do Colégio de Presidentes de TREs.

Desembargador Cleones Cunha, presidente do TRE-MA.

MARANHÃO – Os principais desafios atuais da Justiça Eleitoral brasileira estão sendo debatidos no estado do Mato Grosso desde ontem 28, até este sábado, 30, durante a 75ª edição do Colégio de Presidentes de Tribunais Regionais Eleitorais.

A pouco, antes de encerrar o dia de reunião, os desembargadores decidiram eleger a nova mesa diretora do Colégio, sendo eleito, entre eles, o desembargador Cleones Cunha, presidente do TRE-MA, como vice-presidente do COPTREL, no lugar da desembargadora Regina Longuini (Acre).

Os outros eleitos foram: desembargador Carlos Padim (São Paulo) no lugar do desembargador Márcio Vidal (Mato Grosso) como presidente e reeleito o desembargador João Simões (Amazonas) como secretário.

Após a eleição, Cunha registrou: “primeiro foi uma surpresa o convite do, então candidato, desembargador Padin de São Paulo, para que eu figurasse como vice na sua chapa. É uma prestação de serviço que estou disposto e disponível a colaborar para a melhoria, sempre, da justiça eleitoral”.

O COPTREL, fundado em 16 de setembro de 1995, em Florianópolis (SC), é uma entidade de sociedade civil sem fins lucrativos, de âmbito nacional, que tem como objetivo discutir e buscar soluções para questões pertinentes à Justiça Eleitoral e ao fortalecimento da democracia no Brasil. O Colégio é integrado por desembargadores presidentes de TREs.

Você pode gostar...