Em reunião com Bolsonaro, Flávio Dino diz que Brasil precisa de cooperação internacional

GOVERNADOR FLÁVIO DINO NA REUNIÃO COM BOLSONARO.

BRASÍLIA – O governador do Maranhão, Flávio Dino, participou em Brasília de reunião com o presidente Jair Bolsonaro e outros governadores da Amazônia Legal. Flávio fez duro pronunciamento em defesa da Amazônia. Enquanto os demais governadores tergiversaram e não confrontaram diretamente o presidente, Flávio Dino foi direto. “Devemos procurar um processo de cooperação que abranja outros países e organismos privados. Não sou daqueles que satanizam ONGs. Temos ONGs de imensa seriedade no Brasil e no mundo Precisamos separar o joio do trigo. Não podemos dizer que as ONGs são inimigas do Brasil. Não é tocando fogo nas ONGs que vamos salvar a Amazônia”, afirmou.

Sobre o debate em torno da soberania, Dino disse que esta não está ameaçada e é um preceito constitucional que a Amazônia é patrimônio nacional e que não é atacando outros países que ela é afirmada. “A soberania não se afirma retoricamente, não é uma fraseologia. É uma obrigação que temos que cumprir”, salientou.

Você pode gostar...