Enquanto Bolsonaro sinaliza desejo de criar partido, 76 siglas tentam registro

Presidente Jair Bolsonaro sinalizou na última semana o desejo de criar um novo partido.

BRASÍLIA – O presidente Jair Bolsonaro sinalizou na última semana o desejo de criar um novo partido, o Aliança Pelo Brasil. O presidente atravessa momento de desentendimentos com a cúpula de sua atual legenda, o PSL, presidido pelo deputado Luciano Bivar.
Atualmente, o Brasil já possui 32 partidos registrados. Mais 76 aguardam na fila e tentam o processo de abertura de novas legendas. No entanto, a grande maioria está longe de preencher os requisitos mínimos.

A Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096) só admite o registro do estatuto de partido político que tenha caráter nacional. Para ser considerado como tal, a legenda deve comprovar –no período de 2 anos– o apoio de eleitores não filiados a partido político que corresponda a pelo menos 0,5% dos votos dados na última eleição geral para a Câmara dos Deputados. O número, hoje, corresponde a 492.015 assinaturas.
Além disso, os votos devem estar distribuídos por ao menos ⅓ dos Estados (ou seja, 9 Estados), com mínimo de 0,1% do eleitorado que tenha votado em cada 1 deles.
No Brasil, dos 76 partidos políticos que tentam registro no TSE. Apenas 16 possuem mais de 1.000 assinaturas. Há 46 candidatos a nova agremiação que não possuem nem uma assinatura sequer, enquanto 14 têm entre 1 e 1.000 assinaturas. Veja abaixo os partidos que aguardam liberação.

O Brasil já possui 32 partidos registrados. Mais 76 aguardam na fila e tentam o processo de abertura de novas legendas. 16 já tem mais de 1 mil assinaturas.

Você pode gostar...