FLÁVIO DINO ANUNCIA “MAIS ASFALTO 2” ESTRADA LIGANDO BARREIRINHAS E PAULINO NEVES, E UM BILHÃO EM NOVAS RODOVIAS E RUAS EM TODO ESTADO.

Governador Flávio Dino anuncia novos investimentos na segunda etapa do programa ‘Mais Asfalto’.

Governador Flávio Dino anuncia novos investimentos na segunda etapa do programa ‘Mais Asfalto’.

MARANHÃO – O governador Flávio Dino lançou nesta quarta-feira (30) a segunda etapa do programa ‘Mais Asfalto’. Até o final do primeiro ano de Governo, o programa de pavimentação de ruas e avenidas chegará às vias urbanas de 107 municípios do Maranhão e pavimentará rodovias, no valor total de R$ 1 bilhão.

No mesmo dia, o governador Flávio Dino oficializou a construção da estrada que liga a cidade de Paulino Neves a Barreirinhas. Fruto de uma parceria público-privada, o novo trecho permitirá a integração rodoviária do Maranhão à ‘Rota das Emoções’, com os estados do Ceará e Piauí. Na quarta-feira (30), a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) encaminhou à Comissão Central de Licitação (CCL) os documentos que autorizam a construção da ponte que interliga os municípios de Central do Maranhão a Bequimão.

Governador Flávio Dino, ao lado do secretário Clayton Noleto e do prefeito de Barreirinhas, Léo Costa.

Governador Flávio Dino, ao lado do secretário Clayton Noleto e do prefeito de Barreirinhas, Léo Costa.

O governador Flávio Dino relembrou que o investimento em obras públicas é um dos motivos pelos quais o Maranhão apresenta, pelo quarto mês consecutivo, saldo positivo na geração de empregos. “Buscamos novos horizontes para o desenvolvimento do Maranhão. O conjunto de investimentos em obras melhora a qualidade de vida das pessoas e assegura benefícios econômicos e sociais. Estamos economizando para investir em obras que mudam a vida das pessoas”, disse Flávio.

O planejamento estadual de infraestrutura também engloba as rodovias estaduais. Assegurar que as rodovias do Maranhão sejam conservadas, recuperadas e reconstruídas é uma das metas do Executivo Estadual. “Com a recuperação das rodovias do Maranhão, vamos garantir que as pessoas tenham o direito de ir e vir com tranquilidade, permitir que os municípios tenham acesso a bens e serviços públicos, e possibilitar melhor escoamento da produção”, disse Clayton Noleto, secretário de Estado da Infraestrutura.

Em julho, o Governo do Estado inaugurou a MA-020 que interliga os municípios de Coroatá a Vargem Grande. As obras rodoviárias da MA-381 (Joselândia-Pedreiras), MA-334 (Riachão- Feira Nova), MA-138 (Fortaleza dos Nogueiras- São Pedro dos Crentes), MA-034 (Baú-Matões) e MA-123 (Coelho Neto-Afonso Cunha) estão em plena execução com previsão de serem entregues concluídas até o final deste ano.

Mais Asfalto
Nos nove primeiros meses de Governo, a primeira etapa do “Mais Asfalto” chegou em 20 municípios, pavimentando 281 km de ruas e avenidas, com investimento de R$ 90 milhões. A previsão é a de que até o final de 2015, serão investidos R$ 206 milhões para pavimentar 723 km de vias urbanas em 107 municípios do Maranhão.

Ponte Central – Bequimão
Nesta quarta-feira (30) o Governo do Estado encaminhou à Comissão Central de Licitação os documentos que autorizam a construção da ponte que interligará os municípios de Central do Maranhão a Bequimão. A ponte interligará 10 municípios da Baixada Maranhense e encurtará em 125km o deslocamento dos moradores da região. Com ela, os municípios terão maior facilidade no deslocamento regional e também facilitará o escoamento da produção dessas cidades para outras regiões.

Estavam presentes o vice-governador, Carlos Brandão; o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho; o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, secretários, vereadores, deputados estaduais, prefeitos, representantes do Sebrae, Gasmar e Ômega Energia.

Gustavo Matos, diretor da Ômega Energia; prefeito de Barreirinhas, Léo Costa; governador Flávio Dino, prefeito de Paulino Neves, Raimundo Filho; secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto e Edílson Baldez, presidente da Fiema. (esquerda à direita).

Gustavo Matos, diretor da Ômega Energia; prefeito de Barreirinhas, Léo Costa; governador Flávio Dino, prefeito de Paulino Neves, Raimundo Filho; secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto e Edílson Baldez, presidente da Fiema. (esquerda à direita).

 

Você pode gostar...