Flávio Dino confirma 88 casos do Covid-19 e mantém suspensão de aulas, atividades comerciais e transporte interestadual

O governador também afirmou que alguns profissionais de saúde foram contaminados.

MARANHÃO – Em uma coletiva virtual, o governador Flávio Dino (PCdoB) afirmou nesta sexta-feira (3) que subiu para 88 o número de casos do novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão. Inclusive, alguns profissionais da saúde foram contaminados pela doença.
Ao todo, os casos no Maranhão estão registrados em São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar, Açailândia e Imperatriz. 95% deles estão em São Luís.

Em outro momento da coletiva, Flávio Dino comentou o cancelamento da venda de respiradores para a Bahia e o Ceará. A carga foi comprada pelo Consórcio Nordeste – que reúne os estados da região – e também era aguardada para o Maranhão.
“Os respiradores também não virão para o Maranhão. Os EUA estão barrando as compras e comprando todo o estoque dos chineses. Nós temos respiradores disponíveis, mas não temos para todo mundo”, disse o governador.
Dino também afirmou que estendeu, até o dia 26 de abril, o decreto que suspende aulas em escolas públicas e privadas, além da suspensão do transporte interestadual.
As atividades comerciais estão suspensas até o dia 12 de abril. As essenciais continuarão liberadas, como supermercados, farmácias, padarias, serviços de delivery e óticas. A fiscalização será intensificada para evitar grande circulação de pessoas. Estabelecimentos poderão ser multados e até interditados, em caso de resistência.

Você pode gostar...