Governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, foi preso na manhã desta quinta-feira (29) no Palácio Laranjeiras.

Governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão.

RIO DE JANEIRO/RJ – O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), foi preso na manhã desta quinta-feira (29) em operação da Polícia Federal, informa a GloboNews. O mandado foi expedido pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça), sob a relatoria do ministro Felix Fischer, em nova fase da Lava Jato.

Pezão é investigado por suposto envolvimento no recebimento de uma mesada de R$ 150 mil durante a gestão de seu antecessor, Sérgio Cabral, que está preso, com base em delação do economista Carlos Emanuel Carvalho Miranda, ex-operador do ex-governador.
O governador teria recebido voz de prisão dentro do Palácio Laranjeiras, sua residência oficial, por volta das 6h, onde ainda permanece sob custódia dos agentes da PF. 
Além do mandado de prisão contra Pezão, haveria outros oito mandados de prisão contra homens de confiança do governador e mandados de busca e apreensão, alguns sendo cumpridos no Palácio Guanabara, sede do governo.
Ainda segundo a GloboNews, agentes e procuradores federais também chegaram por volta das 6h15 em um condomínio na Barra da Tijuca, onde residiria o ex-secretário de Obras do Rio, Hudson Braga.

Você pode gostar...