Governador em exercício José Joaquim vistoria obras do Rangedor e da Litorânea

GOVERNADOR INTERINO JOSÉ JOAQUIM CUMPRE AGENDA VISITANDO OBRAS.

MARANHÃO – Como parte da agenda de compromissos em seu primeiro dia como governador em exercício do do Maranhão, o presidente do Tribunal de Justiça do estado, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos , vistoriou nesta quinta-feira (25) duas obras em andamento na cidade de São Luís: a construção do Complexo Ambiental no Parque Estadual do Sítio do Rangedor e o prolongamento da Avenida Litorânea.

José Joaquim Figueiredo destacou a dimensão das duas obras. O roteiro da vistoria foi iniciado no canteiro de obras do Complexo Ambiental do Rangedor. “É uma grande surpresa. Eu não tinha conhecimento da grandiosidade dessas duas obras”, frisou.

A construção do Complexo é da categoria de Unidade de Conservação do grupo Proteção Integral, no qual é permitido obras que resguardem os tributos naturais, pistas ecológicas e uso do espaço como turismo ecológico.

O espaço contará com praças, cerca de 6 km de pista de caminhada e ciclovia, trilhas naturais, playground, academia ao ar livre, quadras poliesportivas e espaços de convivência. As obras estão avançadas e a primeira etapa deve ser entregue no dia 8 de setembro, em comemoração ao aniversário de 407 anos de São Luís.

Prolongamento da Litorânea

Em seguida, o governador em exercício conheceu de perto o andamento das obras de prolongamento em 1.800 metros da Avenida Litorânea.

Ao lado do presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), Lawrence Mello, do secretário Rodrigo Lago (Comunicação e Assuntos Políticos) e outras autoridades, Joaquim Figueiredo percorreu toda a extensão da obra.

Orçada em mais de R$ 140 milhões, na obra de prolongamento já foram finalizadas a construção do muro de contenção e o assentamento dos tubos que irão receber águas pluviais. Com o início da estiagem, os operários agora deram início à construção da base dos pilares das pontes na foz dos Rios Claro e Pimenta. Ao todo serão construídos 16 pilares em cada ponte.

Com investimento de mais de 140 milhões, o prolongamento da Avenida Litorânea tem previsão de entrega para dezembro de 2019. A obra compõe a primeira fase para a implantação do novo corredor de transporte, o BRT (Ônibus de Transporte Rápido), que vai interligar os municípios de São Luís, Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar, diminuindo o tempo de percurso entre os municípios da Grande Ilha em até 40 minutos. A previsão de entrega do BRT é dezembro de 2020.

Para o governador em exercício Joaquim Figueiredo, o prolongamento da Litorânea certamente vai melhorar o fluxo de pessoas e veículos em São Luís e nas cidades circunvizinhas. Ele também agradeceu a oportunidade de ocupar por dois dias a chefia do executivo estadual.

“É um trabalho bastante promissor. Eu quero agradecer mais uma vez essa oportunidade do chefe de Estado, que nos permitiu assumir interinamente o Governo do Estado e conhecer de perto essas duas obras fantásticas”, ressaltou Joaquim Figueiredo.

Você pode gostar...