Governador Flávio Dino pede paz diante da tensão entre EUA e Irã

GOVERNADOR FLÁVIO DINO.

MARANHÃO – Diante da tensão, entre EUA e Irã, criada após a morte do general Qassem Soleimani, chefe de uma unidade da Guarda Revolucionária iraniana, o governador do Maranhão, Flávio Dino, demonstrou preocupação com a situação e clamou por paz.

FLÁVIO DINO NO TWITTER.

Vale lembrar que o líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, e o presidente iraniano Hassan Rouhani falaram em vingança nesta sexta-feira (3) por causa da morte de Qassem Soleimani.

O próprio Pentágono confirmou que o bombardeio tinha a missão de matar o general iraniano e foi uma ordem do presidente Donald Trump, devido a mortes de norte-americanos no Oriente Médio atribuídas pelo governo Trump às autoridades iranianas.

O governador maranhense, além de pedir paz, demonstrou temer por algum posicionamento que possa a ser vir tomada pelo Governo Jair Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, avisou que só iria emitir qualquer juízo de valor sobre o episódio, após reunião com o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, para se informar sobre detalhes do ataque dos EUA.

No entanto, Bolsonaro já demonstrou que a situação pode “impactar” nos preços dos combustíveis no Brasil.

Você pode gostar...