Governadores do Nordeste vai fazer versão regional do Mais Médicos

O programa dos governadores prevê parcerias com universidades estaduais.

REGIÃO NORDESTE – Os governadores dos Estados do Nordeste firmaram um acordo para lançar uma versão regional do programa Mais Médicos. O projeto tem como objetivo suprir a demanda por profissionais de medicina na Região desde o encerramento do programa federal, em novembro, após comentários do presidente Jair Bolsonaro a respeito da qualificação dos médicos cubanos do programa.

O Ministério da Saúde, no entanto, pretende lançar uma reformulação do Mais Médicos, que será batizada de “Médicos pelo Brasil”. O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse que a iniciativa dos nove governadores não visa competir com o programa federal. “O nosso objetivo não é disputar com o governo federal, mas contribuir para que o plano nacional seja mais abrangente e o mais acolhedor das necessidades do Nordeste”, afirmou.

O programa dos governadores prevê parcerias com universidades estaduais para revalidação de diplomas de brasileiros que estudaram medicina no exterior, mas não inclui a retomada do acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) para nova contratação de médicos cubanos. A medida é um dos primeiros efeitos práticos do Consórcio Nordeste, que tem como objetivo consolidar parcerias entre os governadores da Região.

Você pode gostar...