Jogador do Corinthians é assassinado a tiros no Entorno do DF

Jogador de futebol Leandro Augusto Santos Soares, de 18 anos.

GOIÁS/GO – Polícia Civil de Goiás investiga o assassinato do jogador de futebol Leandro Augusto Santos Soares, de 18 anos, executado em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, nessa sexta-feira (05/07/2019). Ele estava junto com a namorada quando o crime ocorreu. Um policial militar goiano é o principal suspeito de atirar contra o jovem. O caso está sendo apurado pelo Grupo de Investigação de Homicídios. A vítima tinha passagens pelas categorias de base do Corinthians.

O jovem foi baleado por volta das 11h. De acordo com o pai dele, o empresário Leandro Soares Andrade, o filho ficou cerca de meia hora aguardando socorro. O jogador foi levado para o Hospital de Santa Maria, onde morreu logo depois, por volta do meio-dia.

O pai do atleta disse que o filho foi baleado logo após pegar uma arma de brinquedo com um amigo, a qual, segundo ele, seria entregue para outro amigo, que também estava na praça. “Ele colocou o simulacro na cintura e atravessou a rua junto com a namorada. Assim que subiu na calçada, o policial deu o primeiro disparo nas costas dele”, relatou o empresário ao G1 Goiás.

Leandro afirmou que a namorada do filho, de 17 anos, tentou intervir. “Ela começou a gritar desesperada, dizendo que era arma de brinquedo e pediu para parar. Meu filho jogou a arma para trás e aí o policial deu um terceiro tiro na cabeça do meu filho”, acusou o pai. O corpo do jogador será velado das 8h às 10h de domingo (07/07/2019), no Cemitério Campo da Esperança, em Taguatinga, no Distrito Federal.

 

 

(FONTE: METRÓPOLES

Você pode gostar...