JUSTIÇA DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE SUSPEITOS DO ASSASSINATO DE ANDRÉ LOBO.

ANDRÉ LOBO

ANDRÉ LOBO.

SÃO LUÍS – O secretário de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), Marcos Affonso Jr., informou na manhã desta segunda-feira (19/5), que a Justiça decretou a prisão preventiva de quatro pessoas supostamente envolvidas no assassinato do jornalista e cantor André Lins Martins Gonçalves, o André Lobo. O secretário não informou os nomes dos supostos suspeitos em praticar o crime. Todos estão foragidos.

André Lobo foi morto no último dia 8, foi assassinado barbaramente com quatro tiros – no abdômen, tórax e cabeça, desferidos por seis homens não identificados. O crime aconteceu na região da Forquilha. O músico estava acompanhado de uma amiga, Tereza Gomes da Silva Sousa, que foi baleada na perna. André, ainda, foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão I, mas não resistiu aos ferimentos. A jovem foi levada também para o Socorrão I, mas não corre risco de morte. A motivação para o crime seria um discussão no trânsito.

Teresa Gomes relatou que, ao deixarem a festa no Anil, por volta das 5h da madrugada, eles resolveram se divertir em um bar, localizado na Forquilha. Quando estavam próximo a uma boate, o EcoSport colidiu, de forma violenta, na lateral do Spacefox, de placas NMU-8323.

Sem haver discussão, André Lobo informou que chamaria a perícia, quando apareceram seis homens e um deles já chegou de revólver em punho e a baleou primeiramente. Logo em seguida, disparou quatro tiros em André Lobo.

 

 

FONTE: IMIRANTE

 

Você pode gostar...