Liberdade de imprensa é ‘crucial’ para combater notícias falsas, diz ONU.

Dia Mundial da Liberdade de Imprensa.

MARANHÃO – Em mensagem para o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, comemorado nesta quarta-feira (3), o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, pediu o “fim de todo o tipo de repressão contra jornalistas”. “Precisamos que líderes defendam a imprensa livre”, enfatizou o chefe do organismo internacional. Para ele, “quando protegemos jornalistas, suas palavras e imagens podem mudar o mundo”.

O dirigente máximo da ONU acrescentou que a liberdade de imprensa é “crucial para combater a atual (tendência à) desinformação”. “Precisamos que todos defendam nosso direito à verdade”, disse Guterres.

O secretário-geral lembrou que “jornalistas vão aos lugares mais perigosos para dar voz aos sem-voz”.

“Profissionais de mídia são vítimas de difamação, abuso sexual, detenção, agressões e chegam mesmo a morrer” em serviço, alertou o chefe da Organização. Guterres disse ainda que uma imprensa livre permite avançar na promoção da paz e da justiça para todos.

Você pode gostar...