Mais de 290 equipamentos são entregues a trabalhadores da pesca artesanal no Maranhão

Entrega de motor com rabeta para pescadores.

MARANHÃO – Centenas de pescadores artesanais maranhenses comemoram a substituição dos velhos remos que utilizavam para conseguir o sustento da família, por motores com rabetas, que estão ajudando no aumento da produtividade e da renda.

Mais de 290 equipamentos já foram entregues às colônias, associações e sindicados pesqueiros de 14 municípios maranhenses. A iniciativa integra as ações do projeto TrabPesca, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres).

Os motores foram entregues aos pescadores, nas suas respectivas organizações, pelo secretário do Trabalho e da Economia Solidária, Jowberth Alves. “Ir até os pescadores para entregar esses equipamentos é uma forma de aproximar a população da gestão estadual. Favorecer essa proximidade das políticas públicas com a comunidade é uma das marcas do Governo Flávio Dino”, destaca.

Pescadores dos seguintes municípios já receberam os equipamentos: Lago Verde, Penalva, Viana, Santa Helena, Nina Rodrigues, Pinheiro, Matinha, Bacabeira, Icatu, Cedral, Água Doce, Tutóia, Paulino Neves e Araioses.

Praticidade e produtividade

No Maranhão, segundo o IBGE 2010, mais de 47 mil pescadores vivem exclusivamente da pesca artesanal, que tem papel fundamental na geração de mão de obra e lucratividade para milhares de famílias de baixa renda. Para esses milhares de trabalhadores, a aquisição dos equipamentos motorizados em substituição ao transporte manual gera rapidez e melhoria da infraestrutura e, consequentemente, aumento da renda.

“Vai ajudar a quem não tem condições para comprar um motor. Não vou mais precisar pagar outras embarcações para trabalhar. Essas canoas, com esses motores, irão facilitar muito a vida”, contou o pescador Francisco de Assis, um dos beneficiados pela entrega, no município de Tutóia.

Segundo o secretário do Trabalho, Jowberth Alves, a entrega dos motores, incentiva a cadeia produtiva e pesqueira do estado, e valoriza o trabalho dos produtores, reforçando o compromisso do Governo do Estado, em possibilitar condições de geração de renda em todo o Maranhão.

“A valorização dos nossos produtores por todo estado é um compromisso do governador Flávio Dino com a classe trabalhadora. Por isso, temos trabalhado intensivamente para alcançar esse objetivo. Sem dúvida, esses motores e equipamentos vão proporcionar agilidade no trabalho e gerar mais renda a essas regiões”, destacou.

O presidente da Colônia de Pescadores de Lago Verde, Adeílton Viana, comemorou o recebimento dos motores que beneficiarão oito comunidades atuantes na atividade pesqueira da região. No município, foram entregues 30 equipamentos.

“Os equipamentos irão trazer praticidade e ampliação da produção do pescado da nossa região, além de gerar qualidade de vida aos trabalhadores, uma vez que nossos pescadores atualmente só usam o remo e muita força braçal para chegarem aos locais de pesca”, pontuou.

Sustentabilidade e autogestão

O projeto TrabPesca é desenvolvido no âmbito do programa Desenvolvimento da Economia Solidária, por meio do fortalecimento dos grupos de pesca artesanal, com base no cooperativismo, associativismo, autogestão e sustentabilidade.

Você pode gostar...