Maranhão recebe equipamentos estratégicos para preservar e salvar vidas em hospitais

SES recebe equipamentos estratégicos para unidades de saúde do estado.

MARANHÃO – A Secretaria de Estado da Saúde (SES) recebeu, nesta terça-feira (16), 90 monitores multiparamétricos e 50 desfibriladores/cardioversores doados pelo Ministério da Saúde (MS), por meio de convênio com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB). A doação foi feita por meio do Programa Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PPDP), que visa equipar a saúde pública com equipamentos considerados estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS).

“Estamos pela primeira vez recebendo esses equipamentos do Ministério da Saúde, o que é uma novidade, já que o Maranhão sempre ficava de fora dessas distribuições. Conseguimos ser beneficiados com R$ 4 milhões em equipamentos, que irão para as nossas unidades e 20% vão para as unidades de saúde do município. Quem ganha é a população que será atendida com equipamentos de última ponta, o Maranhão com equipamentos e a universidade com tecnologia”, comemorou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Os equipamentos serão distribuídos nos hospitais, maternidades e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do Maranhão para serem usados em situações de emergências, cotidianas, ambientes clínicos e cirúrgicos.

“Estamos entregando para Maranhão 140 equipamentos da área crítica de UTI por meio do Programa Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PPDP) para fortalecer a tecnologia para área de saúde no país. Já entregamos para mais de 13 estados do Brasil e o Maranhão é o que tem a maior entrega. Esperamos novas parcerias com o estado”, contou o professor da UFPB e coordenador do Núcleo de Tecnologias Estratégicas de Saúde, Paulo Eduardo Silva Barbosa.

O monitor multiparamétrico é o principal equipamento utilizado para acompanhar a evolução dos indicadores de saúde do paciente. Essas informações são fundamentais para avaliar a resposta ao tratamento e a necessidade de novas intervenções. Os monitores se destinam ao uso em setores como triagem, emergências, centros cirúrgicos e leitos de CTI.

O desfibrilador/cardioversor, por sua vez, é direcionado para a liberação de estímulos elétricos no coração, sendo uma peça-chave na missão de preservar e salvar vidas. Em uma situação crítica, como uma parada cardíaca súbita, é indicado o uso de um desfibrilador ou cardioversor. A aplicação do choque elétrico visa restabelecer o ritmo normal do coração.

Estiveram presentes na entrega o secretário adjunto de Saúde, Administração e Finanças de São Luís, Marcos Pantoja; a subsecretária de Saúde do Maranhão, Karla Trindade; a secretária adjunta de Assistência à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Carmen Belfort; e o gerente regional da Lifemed, Valmir Freire.

Você pode gostar...