Maranhão terá novos Restaurantes Populares, kits do Mais Renda e abastecimento, diz secretário Márcio Honaiser.

Márcio Honaiser, titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes).

MARANHÃO – Titular da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) durante o primeiro mandato do governador Flávio Dino, o deputado estadual licenciado Márcio Honaiser agora enfrenta o desafio de comandar a gestão em outra pasta estratégica do governo: a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes).

Com ampla experiência no setor privado e resultados expressivos à frente da Sagrima, Honaiser agora tem a missão de fortalecer os programas de assistência e ampliar a rede de proteção social dos maranhenses mais carentes.

À frente da Sedes, o secretário informou que vai priorizar os principais programas implantados e fortalecidos pelo governador Flávio Dino ao longo do primeiro mandato.

“Nós temos dois pontos principais de ações na Sedes: além dos muitos programas que ajudam os que mais precisam, nós também vamos valorizar aquelas ações que atuam como indutoras do crescimento, ajudando a geração de trabalho e renda”.

De acordo com ele, “programas continuados de assistência social estão sofrendo uma política de esvaziamento do governo federal, mas nós estamos trabalhando para mantê-los e avançar na assistência, em programas como o Bolsa Escola e o próprio Bolsa Família, que é do governo federal, mas a gestão é feita pelo estado, através da Sedes”, explicou.

Mais Renda

Para garantir geração de oportunidades de trabalho, a Sedes também vai ampliar as ações do Programa Mais Renda. O projeto apoia trabalhadores informais a se tornarem empreendedores. Eles recebem kits com fardamento, carrinho e outros itens para aumentar as vendas. Com mais de 2.000 beneficiados em 14 cidades maranhenses, o programa vai focar também na qualificação.

“Já iniciamos o planejamento para conversar com instituições objetivando promover parcerias para fortalecer esse programa também no âmbito da qualificação dos trabalhadores. Além da oferta de microcrédito, vamos ampliar as ações juntando qualificação e recursos para iniciar o empreendimento”, afirma Honaiser.

Mais Restaurantes Populares 

Uma das principais políticas de Segurança Alimentar dos últimos quatro anos, o programa de implantação de Restaurantes Populares também será ampliado pelo Governo do Estado. O número de unidades de Segurança Alimentar aumentou de 6 para 25 desde 2015, em diversas regiões do Maranhão.

Márcio Honaiser explicou que uma das prioridades da Sedes é implantar mais 30 unidades dos Restaurantes nos 30 municípios do Plano Mais IDH.

“Já a partir de abril, vamos iniciar a implantação de 30 Restaurantes Populares nos municípios que fazem parte do Mais IDH. Em São Luís, devemos entregar até o meio do ano mais um restaurante no bairro do João de Deus. Atualmente, o governo garante mais de 75% do valor das refeições servidas, que são muito importantes para ajudar a segurança alimentar da nossa população”, disse.

O secretário também informou que, em parceria com a Secretaria de Agricultura Familiar (SAF) e da Sagrima, a Sedes vai reforçar a compra de alimentos dos pequenos produtores maranhenses.

O mesmo valerá para o programa de oferta de leite para a população, que será ampliado com utilização da produção da Bacia Leiteira do Maranhão.

E com a implantação do Banco de Alimentos, a Sedes vai garantir também Segurança Alimentar para instituições que atuam junto às comunidades mais carentes.

“O Banco de Alimentos vai distribuir produtos para instituições cadastradas. São alimentos que não entram na linha de comercialização da Ceasa, mas que são perfeitamente aptos para o consumo e serão direcionados para essas instituições. Vamos inaugurar esse serviço já em abril”, informou Márcio Honaiser.

Água e Renda 

Márcio Honaiser garantiu o fortalecimento dos Sistemas de Abastecimento Simplificados de Água. “São mais de 250 comunidades que receberam e estão recebendo sistema de abastecimento de água. Vamos fortalecer essa ação em conjunto com a manutenção dos Diques da Baixada, que são muito importantes para a continuidade do abastecimento de água e geração de renda para a população”, diz.

CRAS

No primeiro mandato do governador Flávio Dino, foram entregues 135 prédios do CRAS e do CREAS, que funcionam como a porta de entrada para obtenção de  benefícios sociais. O secretário anunciou a entrega de mais quatro Centros de Referência de Assistência Social (Cras), além de continuidade na construção de outros 20.

“Vamos entregar as unidades do Cras nos municípios de Dom Pedro, Governador Archer, São José dos Basílios e Itaipava do Grajaú. Além deles, temos mais 20 em execução”, informa.

Você pode gostar...