Mauro Naves é afastado do esporte da Globo por envolvimento no caso Neymar

Mauro Naves em participação no programa Grande Círculo.

SÃO PAULO/SP – O repórter Mauro Naves deixou a cobertura esportiva da Globo na noite de quarta-feira (5) quando a emissora tomou conhecimento de um envolvimento no caso de estupro contra o atacante Neymar. Em pronunciamento feito por William Bonner durante o “Jornal Nacional”, a emissora explicou que o profissional encaminhou contatos de Neymar pai para José Edgard Bueno, o primeiro advogado que representou Najila Trindade, mulher que acusa o jogador.

Na terça-feira, o Jornal Nacional publicou a carta aberta à imprensa divulgada pelos ex-advogados da mulher que acusa Neymar de estupro. Eles afirmam na carta que a reunião que tiveram com os advogados do atacante foi feita a convite do pai do jogador.

Neymar pai afirmou que Mauro Naves foi o responsável por passar seu telefone ao advogado José Edgar Cunha Bueno, ex-advogado da mulher que acusa o atacante de estupro. O repórter confirmou as afirmações de Neymar pai, mas somente nesta quarta-feira relatou à Globo sua participação no episódio.

Mauro Naves explicou que se limitou a repassar os contatos do pai do Neymar para o advogado, a quem já conhecia, porque esperava obter a história com exclusividade – e que, quando o assunto se tornou público, avaliou que sua participação não teria relevância.

Mauro Naves é um excelente profissional, com grandes contribuições ao jornalismo esportivo da Globo. Mas há evidências de que suas atitudes neste caso contrariaram a expectativa da empresa sobre a conduta de seus jornalistas. Em comum acordo, o repórter deixará a cobertura de esportes da Globo até que os fatos sejam devidamente esclarecidos.

Você pode gostar...