Município de Rosário recebe Caravana Quilombola nesta quarta e quinta-feira

Serviços e ações da Caravana Quilombola.

MARANHÃO – O município de Rosário recebe, nesta quarta (18) e quinta (19), os serviços e ações da Caravana Quilombola que acontecem no quilombo Miranda do Rosário e vai abranger, também, as comunidades do entorno: Boa Vista, Reforma e Paissandú, além das comunidades tradicionais de matriz africana do município.

A ação é coordenada pela Secretaria de Estado de Igualdade Racial (Seir), em parceria com as Secretarias de Estado de Saúde, Desenvolvimento Social, Mulher, Juventude, Trabalho e Economia Solidária; sistema SAF/Agerp/Iterma; e a Prefeitura Municipal, que disponibiliza profissionais, logística e transporte para os moradores.

A superintendente de promoção de igualdade racial de Rosário, Mauricea Lopes, revela que a Caravana Quilombola vai envolver todas as secretarias do município e vai proporcionar um novo momento para as comunidades remanescentes de quilombo. “Será uma ação muito abrangente envolvendo toda a administração pública de Rosário e, também, vai fortalecer nosso compromisso de cada vez mais efetivar as políticas públicas para os quilombolas e as comunidades tradicionais de matriz africana”.

A Caravana Quilombola inicia com o seminário intersetorial de políticas públicas para povos e comunidades tradicionais no contexto do Programa Maranhão Quilombola, onde o governo do Estado presta contas à população sobre o que tem feito na política de igualdade racial no Estado.

Técnicos e assessores das secretarias de Estado envolvidas expõem para lideranças políticas e comunitárias do município as ações em suas respectivas pastas que são voltadas para a população negra e quilombola. Também, será feita uma oficina com os servidores da assistência social do município para fortalecer a equipe e ampliar o número de famílias atendidas pelas políticas públicas governamentais.

“A Caravana Quilombola acontece dentro do conjunto de ações do Programa Maranhão Quilombola, que abarca, também, ações de outras secretarias de Estado, de forma que estamos fazendo uma prestação de contas à população do que o governo faz na área da igualdade racial e executando as políticas para as comunidades ”, disse Iracema Amorim, assessora de saúde da Seir.

Você pode gostar...