O GOVERNADOR FLÁVIO DINO DETERMINOU APURAÇÃO RÁPIDA E RIGOROSA SOBRE FUGA EM PEDRINHAS.

Pedrinhas: fuga cinematográfica durante a Páscoa

Pedrinhas: fuga cinematográfica durante a Páscoa.

MARANHÃO – O que estaria por trás da fuga espetacular de detentos do Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas? Se a PM tinha conhecimento da operação de resgate, como mostram os registros, por que não houve uma ação emergencial de ocupação da área do presídio por forças policiais para evitar esse resgate de detentos? Teria havido ‘corpo mole’ de algum segmento da segurança? São muitos os questionamentos em torno dessa ação de marginais que expõe a vulnerabillidade do sistema prisional. E o governador Flávio Dino não está satisfeito com essa situação.

A reação do governador foi imediata. Ele determinou aos secretários Jefferson Portela (Segurança) e Murilo Andrade (Administração Penitenciária) apuração rigorosa e imediata sobre o resgate de quatro presos do Centro de Detenção Provisória (CDP), na madrugada de domingo (5). A falta de mobilização das forças de segurança para impedir o ataque dos bandidos foi recebida com indignação pelo núcleo duro do governo. A polícia monitorou o deslocamento do grupo criminoso em direção a Pedrinhas, horas antes do ataque.

No entanto, falhas operacionais comprometeram a reação do sistema de segurança do Estado à ação criminosa dos bandidos. De acordo com nota divulgada pelas Secretarias de Segurança e de Administração Penitenciária, “foi instaurado processo administrativo para apurar o caso com o necessário rigor, identificar as falhas e eventuais responsáveis para que sejam adotadas as medidas cabíveis”.
O governador Flávio Dino age com responsabilidade e zelo ao exigir a completa apuração do caso para que haja punição de eventuais envolvidos e correção de procedimentos para que as forças de segurança se imponham e acabem com a ousadia dos criminosos. É inadmissível que o crime afronte a sociedade.
FONTE: GARRONE

Você pode gostar...