Obras do Hospital da Ilha entram em nova fase, gerando emprego e renda

O hospital está sendo construído no bairro Turu, em um terreno com 62 mil m² de área total. Ao todo, serão 392 leitos.

SÃO LUÍS/MA – “É a solução definitiva do problema de urgência e emergência na Ilha de São Luís”, disse o governador Flávio Dino em fevereiro deste ano, durante visita logo após o início da construção do Hospital da Ilha. O hospital foi pensado para suprir a demanda de saúde das cidades que compõem a Região Metropolitana, desafogando o atendimento nos dois outros Socorrões de São Luís.

Na época, a obra estava apenas na fase de execução de terraplanagem e fundações. Menos de seis meses depois, o cenário no canteiro de obras é outro. Com prazo de execução de 32 meses, as construções avançam em ritmo acelerado e boa parte da estrutura do novo hospital já foi levantada.

Orçado em R$ 132.049.108,88, o Hospital da Ilha vai contar com atendimento de urgência e emergência adulto e pediátrico, nove centros cirúrgicos, UTIs, Unidade de Tratamento de Queimados, laboratórios, setor de hemodiálise, tomografia, oito elevadores (sendo cinco exclusivos para maca e pacientes), além de auditório, amplo estacionamento e um heliponto.

O hospital está sendo construído no bairro Turu, em um terreno com 62 mil m² de área total. Ao todo, serão 392 leitos. Na primeira etapa, serão entregues 212 leitos distribuídos em seis blocos (A, B, C, D, E e F). O terreno possui ainda área reservada para expansão, denominado Bloco H, onde estão previstos mais três pavimentos de internação do tipo enfermaria, com um acréscimo de 180 leitos.

A irregularidade do solo e a intensidade do período chuvoso no primeiro semestre não atrapalharam o bom andamento na construção nos blocos D, E, F e G, como explica o gerente de contratos do Consórcio responsável pela obra, o engenheiro Lauro Campos.

Enquanto a obra não fica pronta, ela vem gerando emprego e renda para centenas de trabalhadores. Segundo o engenheiro Lauro Campos, a expectativa é que durante o pico da construção, quando diversas especialidades serão exigidas, o número de trabalhadores chegue a 380 direta e indiretamente.

Você pode gostar...