Pastor que estava desaparecido é encontrado morto e enterrado em residência no Maiobão

Pastor Mackson foi assassinado por Saulo e o corpo enterrado no terreno do acusado.

SÃO LUÍS/MA – A Polícia Civil do Maranhão, por meio do Departamento de Proteção à Pessoa (DPP) da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), prendeu nesta segunda feira (14), no bairro do Maiobão, Saulo Pereira Nunes, de 38 anos, o mesmo é acusado pelo assassinato do pastor Mackson da Silva Costa, de 37 anos, desaparecido desde sexta-feira (11), após sair do local de trabalho na Secretaria de Segurança Pública (SSP).

 O veículo da vítima foi encontrado no domingo (13), na Avenida 7, no Maiobão, em Paço do Lumiar, Região metropolitana de São Luís. O corpo do pastor estava enterrado na residência do acusado. As equipes policiais e periciais se encontram no local para coletar evidências. O acusado será conduzido para a SHPP para os procedimentos.

O pastor Mackson mantinha um relacionamento extraconjugal com uma mulher casada e residente no bairro Maiobão. Saulo Pereira Nunes, 38 anos foi preso e confessou que atraiu a vítima para o local do crime, fazendo passar pela sua cônjuge, onde Mackson foi rendido e depois assassinado.

Você pode gostar...