PM PRENDE EXECUTOR DO MECÂNICO EM VITORIA DO MEARIM.

Luiz Carlos Machado foi levado para a Delegacia de Homicídios.

Luiz Carlos Machado foi levado para a Delegacia de Homicídios.

SÃO LUÍS – O suspeito da execução do mecânico Irialdo Batalha, filmada e divulgada nas redes sociais, foi preso na noite desta quarta-feira (3). Luiz Carlos Machado de Almeida estava escondido em um quarto alugado no bairro da Forquilha, em São Luís, a 180 quilômetros de Vitória do Mearim, município onde ocorreu o crime. No vídeo, ele aparece atirando contra a vítima desacordada, junto com dois policiais militares que foram presos. A execução aconteceu em plena luz do dia. Luiz Carlos era funcionário da Prefeitura de Vitória do Mearim e estava cedido à Polícia Militar.

Segundo a polícia, o advogado Alencar Macedo foi quem negociou a apresentação de Luiz Machado Almeida, que foi detido por homens do serviço de inteligência da 13ª Companhia da Polícia Militar de Viana e do Comando Geral da Polícia Militar.

“Ele (advogado) viu que o cerco estava se fechando e resolveu entrar em contato para negociar a apresentação do suspeito. Mas isso só depois de termos descoberto o local onde Luiz estava escondido aqui em São Luís”, destacou o major Antônio José Ferreira dos Santos. Luiz Carlos Machado foi levado para a 13ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro do Cohatrac. Em seguida, o suspeito foi levado para a Delegacia de Homicídios.Segundo a polícia, ele será ouvido para determinar a autoria do crime. Se confessar será autuado por homicídio qualificado. 

Relembre
Na tarde do dia 28 de maio, Luiz Carlos acompanhava dois policiais militares em uma operação que visava interceptar dois suspeitos de serem assaltantes. Eles montaram uma blitz na BR-122, entre Vitória do Mearim e Arari. Irialdo e o amigo Diego Ferreira estavam em uma moto, não pararam na blitz e foram alvejados. Irialdo tinha 34 anos de idade, havia chegado do Pará há um mês e estava prestes a voltar.

Você pode gostar...