Polícia prende quadrilha que desviou R$ 784 mil de recursos da Saúde da empresa ACQUA no MA.

Quadrilha que desviava recursos do pagamento de terceirizados da Saúde do Maranhão.

SÃO LUÍS/MA – A Polícia Civil do Maranhão desencadeou nas primeiras horas da manhã, desta quinta-feira (03), por volta das 06: h00, uma megaoperação, onde culminou na prisão de 05 pessoas. Os suspeitos foram presos por desvios de recursos. O delito criminoso envolveu um funcionário da empresa, identificada como “Acqua”.  O acusado João Victor Santos Pinheiro, desviou recursos oriundos de contratos e verbas. Os desvios originaram desde outubro de 2017, onde o grupo desviou cerca de 784 mil reais da empresa Acqua.

A empresa à qual trabalhava o acusado João Victor, identificada como “Acqua”, era responsável por gerir a gestão de contratos de 08 hospitais. O funcionário da empresa, João Victor Santos Pinheiro, desviou de outubro de 2017 a fevereiro de 2018, cerca de 784 mil reais.
O Delegado da Delegacia de Roubos de Furtos, Thiago Dantas, informou, que a empresa “Aqua”, ao perceber os desvios ilícitos, desligou o funcionário. A empresa reuniu todas as informações crime e formulou a queixa na delegacia, onde fora instaurado o inquérito pela Polícia Civil. A quadrilha era formada pela mãe do João Victor, identificada por Franciane Santos Pinheiro; a sua namorada, Larissa dos Santos Mota; e ainda, Gabriel Pinto Viana, e Marcelino Almeida dos Santos.
Eles criaram uma empresa fantasma, para a transferência dos recursos. Essa empresa transferiu valores para uma concessionária de veículos, sendo que os veículos foram comprados para outras pessoas, entre eles o de Larissa, de Francine, do Gabriel Pinto Viana, e do Marcelino Almeida dos Santos.
 
Cumpridos Mandados de Prisões e Buscas e Apreensões
As informações dão conta, que a quadrilha usava os desvios em outras formas para despistar e fazer a lavagem de dinheiro. O grupo inseria esses valores em uma atividade comercial, na revenda de cosméticos. Eles se passavam por empresários bem-sucedidos. A quadrilha comprou veículos, joias e mercadorias.
 
Eles ostentavam muito os valores desviados. Ao todo foi cumprido 05 cumprimentos de Mandado de Prisão Preventiva, Mandados de Busca e Apreensão. Fora realizado ainda, o bloqueio de todas as contas bancárias dos envolvidos e ainda o sequestro de todos os veículos adquiridos com o dinheiro desviado de forma ilícita.
 
Até o momento o delegado Thiago Dantas Freitas, da DRF, repassou, que “Foram presas 05 pessoas, e apreendidos 04 veículos, sendo procurados outros dois veículos de luxo. A Policia Civil ainda continua nas investigações, no sentido de identificar e prender os demais envolvidos na ação criminosa. Os envolvidos foram autuados pelos crimes de Furto qualificado realizado pela organização criminosa, onde envolvia a lavagem de capitais. As prisões foram idealizadas, pela Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), os 04 Saisp, e demais distritos. Participaram 11 delegados e cerca de 30 policiais civis”, destacou.

 

(FONTE: ASCOM/SSP-MA)  

Você pode gostar...