POLICIA PRENDE QUATRO TRAFICANTES COM 170 KG DE MACONHA.

BANDIDOS PRESOS.

BANDIDOS PRESOS.

MARANHÃO – Em entrevista coletiva, o Superintendente de Polícia Civil do Interior (SPCI), Jair Lima de Paiva Júnior, apresentou, nesta quinta-feira(25), no auditório da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), em São Luís, quatro suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas, na cidade de Buriticupu. Presentes na coletiva, o delegado assistente da SPCI, Carlos César Veloso e o delegado de Buriticupu, Rodrigo Alonso.

As prisões de Francisco Pereira da Cunha, de 35 anos, natural de São Mateus (MA); Flávio Machado Gomes,de 26 anos, natural de Marabá (PA); Raimundo Nonato Borges da Conceição, de 25 anos, natural de Marabá (PA); e Neton da Silva Rodrigues, de 36 anos, taxista e natural de Buriticupu (MA), se deram, por volta das 18 horas, na última terça-feira (23), no município de Buriticupu.

De acordo com o delegado titular da cidade, Rodrigo Alonso, aquadrilha já estava sendo monitorada cerca de um mês e foi presa numa rodovia entre os municípios de Arame e Buriticupu. Os traficantes estavam em um veículo gol de cor prata com placas LVT-3787 de Teresina, Piauí.

No interior do carro, os policiais apreenderam 160 tabletes de maconha prensada, equivalentes a 170 quilos. “Essa droga seria distribuída nos estado do Pará e do Maranhão. Os entorpecentes teriam sido adquiridos em uma aldeia de índios, localizada na cidade de Arame” detalhou Rodrigo Alonso.

Além das substâncias ilícitas, a polícia ainda encontrou a quantia de R$ 3 mil em espécie, que seria fruto do tráfico de drogas. Conforme explicou o delegado Rodrigo Alonso, para realizar o transporte da droga, o Neton cobrou o valor de R$ 600,00.

Após a prisão, a quadrilha foi autuada em tráfico de drogas e associação para o tráfico e logo em seguida, recambiada para o Centro de Triagem de Pedrinhas.

“Esse bando faz parte de uma rede de tráfico de drogas, por isso intensificamos os trabalhos em toda região de Buriticupu, para que possamos desarticular esse sistema. Além disso, estamos nos integrando cada vez mais comas polícias de outros estados, no intuito de combater com mais eficiência o tráfico de drogas” afirmou o superintendente da SPCI, Jair Lima de Paiva.

Você pode gostar...