População de Axixá interditam a BR 402, por descaso da Cemar.

MORADORES NO POVOADO RIACHÃO EM AXIXÁ, EM PROTESTO ATEARAM FOGO NA PISTA.

AXIXÁ/MA – Por falta de energia eletrica, moradores de Axixá, realizaram a interdição da BR-402, neste domingo (17) na altura do povoado Riachão, as margens da rodovia, que liga as cidades de Morros, Icatu e aos Lençóis maranhenses, onde moradores por volta das 20:00hs atearam fogo em pneus e resto de material para chamar a atenção da Companhia Enérgica do Maranhão (CEMAR).

Descaso, falta de respeito e humilhação. É assim que a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) trata a população de Axixá, localizada há 100 Km de São Luís e sendo uma das cidades turistica da região do Munim.

Moradores reclamam que grande parte da cidade principalmente a zona urbana tem ficado sem energia diariamente, e exatamente a mais de uma semana vem acontecendo este problema na rede elétrica, quando a cidade recebe maior número de familiares axixaenses e turistas, a cidade fica as escuras.

Quebra no comércio

Proprietários de restaurantes, pousadas, bares, sorveterias, panificadoras e outros empreendimentos sentem no bolso, duplamente, os estragos causados pela Cemar.

Duplamente porque perdem clientes e pagam contas altíssimas.

A Cemar não é uma empresa perversa apenas porque deixa uma cidade inteira sem energia. Ela é também nefasta porque sequer dá uma satisfação aos usuários do serviço pelas suas falhas.

A empresa não é ruim apenas devido às falhas. É pior porque extorque seus clientes, é nociva porque cobra absurdamente por um serviço péssimo. Os usuários sentem a violência da Cemar, literalmente, na pele.

Sem energia elétrica, os moradores e visitantes ficam impossibilitados de ligar ventiladores e ar condicionados para espantar os insetos, mosquitos e muriçocas dentro das casas, principalmente no período das chuvas.

Axixá é apenas uma das cidades atacadas pela violência de lucros da Cemar. Na verdade, todos os municípios do Maranhão sofrem com as práticas mercadológicas agressivas desta companhia negociante de energia.

Quantas pessoas pobres são obrigadas a reservar parte do seu orçamento para esta ditadura energética?

 

Você pode gostar...