Preso vaqueiro acusado de ser o autor do assassinato do vereador de Maranhãozinho

Vaqueiro Egídio Silva Pires, conhecido como “Nó Cego”, foi preso pela Polícia Civil.

MARANHÃOZINHO/MA – A Polícia Civil do Maranhão com apoio da Delegacia Regional de Zé Doca prendeu na manhã desta sexta-feira (31) o vaqueiro Egídio  Silva Pires, conhecido como “Nó Cego” no município de Santa Luzia do Paruá.

Ele é acusado de ser o executor do vereador de Maranhãozinho, João Pereira Serra (PSD), também conhecido como “Jango”.

O vereador foi executado no dia 23 de abril por dois homens quando saía da fazenda do pai dele em sua caminhonete. Ele seguia por uma estrada de terra rumo à BR-316, na zona rural de Santa Luzia do Paruá.

A prisão do vaqueiro Egídio foi coordenada pela Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), que continua as investigações e diligências na busca do segundo executor. A operação teve apoio da Delegacia Regional de Zé Doca. Por meio do depoimento do suspeito, a polícia espera chegar aos mandantes do crime.

Você pode gostar...