PSDB pode mudar de nome

O “novo” PSDB, segundo esse auxiliar, abandonará de vez a “centro-esquerda e será apenas de centro”.

BRASIL – O governador de São Paulo, João Doria, finaliza com aliados, segundo apurou a Coluna, um plano de reconstrução do PSDB após o fracasso do partido na disputa pela Presidência. Uma ampla pesquisa nacional, em meados deste ano, descobrirá o que os brasileiros pensam dos tucanos. Do resultado, dependerão a mudança do nome, Partido da Social Democracia Brasileira, e uma fusão com outras siglas. A um interlocutor, Doria pregou o dever de o “novo” PSDB ser duro com os extremos, “à direita e à esquerda”, em busca de diálogo com a sociedade.

No radar dos tucanos, o parceiro mais cobiçado é o DEM. A fusão é tratada como uma possibilidade grande e real, para dar musculatura ao partido, diz um auxiliar de João Doria.

O “novo” PSDB, segundo esse auxiliar, abandonará de vez a “centro-esquerda e será apenas de centro”, com um forte programa liberal na economia e pautas e bandeiras mais jovens e “digitais”.

Você pode gostar...