Reunião entre Flávio Dino e Sarney repercute na Assembleia e na Câmara Federal

GOVERNADOR FLÁVIO DINO E O EX-PRESIDENTE JOSÉ SARNEY.

MARANHÃO – Nos bastidores da política local não se fala em outra coisa. O encontro entre o governador Flávio Dino e o ex-presidente José Sarney após anos de engalfinhamento na política do Maranhão movimentou o cenário no estado.

O presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, que é aliado de Flávio Dino, disse que o encontro vai além das questões locais. “Essa conversa extrapola as diferenças políticas locais quando um e outro, com a importância política que cada um tem, se dispõe a deixar as questões paroquiais de lado e discutir soluções para o país”, afirmou o comunista.

Do outro lado, o deputado do MDB, partido de Sarney, Roberto Costa, também avaliou de maneira positiva o encontro. Ele disse que era um gesto de grandeza do governador e que as discussões da Assembleia devem mudar para o bem do Estado. “Este encontro é histórico não apenas para o Maranhão, mas para o Brasil, e uma demonstração de amadurecimento político que o país precisa para que a gente possa debelar todas essas crises”.

O deputado federal Marcio Jerry discursou sobre o tema na tribuna da Câmara dos Deputados. “É importante um esforço de um amplo diálogo nacional, de uma frente ampla em defesa da democracia e do desenvolvimento”, afirmou.

Na Assembleia Legislativa do Maranhão, a maioria dos deputados concorda que a busca pelo diálogo é o melhor caminho para o Brasil e para o Maranhão. Os aliados de Sarney e Flávio Dino reconheceram o esforço de conciliação dos dois em defesa dos interesses nacionais e do estado.

Confira a opinião dos deputados que falaram sobre o assunto

  • Duarte Júnior (PCdoB) – “Fiquei muito feliz com esse diálogo. Com essa demonstração de maturidade de ambas as partes. É necessário união. É necessário unidade”
  • Neto Evangelista (DEM) – “Resolvem sentar… dialogar… na maior crise que o país vive e o Maranhão também nos últimos anos. Demonstra a grandeza desses dois homens públicos, tanto do governador Flávio em procurar e do presidente Sarney em receber”
  • Marco Aurélio (PCdoB) – “Está ameaçado, além da ordem democrática, também as instituições. Nesse momento, é preciso ter grandeza, superar as divergências, pensar o Brasil e ter coragem para fazer este debate”
  • Fábio Macedo (PDT) – “Eu parabenizo, tanto o José Sarney, como o governador Flávio Dino, pelo encontro de ontem. Eu tenho certeza que os frutos o maranhense irá colher através desse encontro”
  • Thayza Hortegal (PP) – “O governador procurou e reconheceu a grandiosidade do presidente Sarney. Dizer que todos nós reconhecemos, mas pelo Maranhão ser o estado mais pobre da nação, ele ganha muito” 
  • Daniela Tema (DEM) – “Eu tenho certeza que, a partir desse encontro, muita coisa vai mudar. Tem muita coisa boa por vir. Não só para o nosso estado, mas também para o nosso país”
  • Zito Rolim (PDT) – “Este gesto de grandeza que partiu do governador Flávio Dino, todos nós temos que parabenizar essa atitude. Não podemos esquecer que o ex-presidente José Sarney também fez a sua parte quando o recebeu. Porque se assim não fosse, o governador não teria tido esse encontro”
  • Roberto Costa (MDB) – “Foi um gesto importante do governador em buscar esse diálogo e do presidente Sarney em aceitar e estar sempre à disposição de lutar pelo Brasil”
  • Wellington do Curso (PSDB) – “Uma reunião muito estranha que a população não compreendeu. Como que o governador Flávio Dino se elegeu duas vezes falando mal do grupo Sarney, dizer que o grupo Sarney, ou o José Sarney, destruiu o Maranhão… é um atraso para o Maranhão… era prejudicial para a democracia… E agora ele vai atrás de José Sarney para tomar conselhos?”
  • Othelino Neto (PCdoB) – “Infelizmente, adversários já dialogam pouco. Mas que essa crise séria que passa o Brasil sirva de lição para isso. Para que nos momentos oportunos, mesmo adversários, consigam conversar em razão do bem maior que é a nossa democracia e a preservação do estado democrático de direito”

Você pode gostar...