Rodrigo Maia cancela oitiva com Thiago Bardal na Câmara dos Deputados

PRESIDENTE DA CÂMARA RODRIGO MAIA.

BRASÍLIA – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, fez valer o regulamento da Casa e cancelou a audiência com a presença do ex-delegado preso por participar de uma quadrilha de contrabando, Thiago Bardal.

Maia deferiu o pedido da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC) tendo em vista que a Câmara o preso não pode ser ouvido por força do Ato da Mesa n. 52, de 17 de setembro de 2015. De acordo com a norma, presos preventivamente só podem ser ouvidos quando convocados por CPI ou conselho de Ética.

Por qualquer motivo, não é permitida nas dependências da Câmara dos Deputados a oitiva de presos.

Por esta razão, Maia determinou que “não se realize a oitiva de pessoa presa em audiência pública na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado designa para o dia 2 de julho de 2019, vedada, inclusive, a sua realização por videoconferência”.

Você pode gostar...