SE DILMA SE REELEGER ROSEANA SERÁ MINISTRA DE MINAS E ENERGIA.

Governadora Roseana Sarney em reunião na casa do Calhau.

Governadora Roseana Sarney em reunião na casa do Calhau.

MARANHÃO – Aliada incondicional da presidente Dilma Rousseff (PT), a governadora do Maranhão é cotada para assumir o Ministério de Minas e Energia caso a petista se reeleja. Roseana Sarney (PMDB) já começa a se movimentar e já avisou que deve deixar o governo antes do fim do seu mandato. A manobra acontecerá apenas caso a presidente se reeleja. Com isso, Roseana pretende ter tempo livre para se articular e garantir vaga no segundo governo de Dilma Rousseff.

Logo no começo do segundo turno a governadora convocou prefeitos e deputados da base aliada para uma reunião. Na ocasião Roseana afirmou que a reeleição de Dilma é indispensável para a sobrevivência do Grupo Sarney após a derrota nas eleições para o governo do estado. A possibilidade de um governo paralelo no Maranhão caso Dilma se reeleja foi denunciada pelo ex-governador Zé Reinaldo Tavares ainda na semana passada.

A pasta de Minas e Energia, que é cota do PMDB de Roseana Sarney, desponta como o mais provável destino da futura ex-governadora. Atualmente ela é comanda pelo senador licenciado Edson Lobão. Ocorre que Roseana Sarney ainda culpa a família Lobão e o atual presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, pela exclusão do ex-prefeito de São José de Ribamar, Luís Fernando (PMDB), da cabeça da chapa governista ainda no começo de 2014. Assumir o ministério hoje ocupado por Lobão, Roseana estaria retaliando a manobra. Além disso, ao ocupar uma pasta dessa magnitude também garantiria sobrevida política.

 

 

FONTE: JOHN CUTRIM

Você pode gostar...