SECRETÁRIO SEBASTIÃO UCHÔA RECEBE PREFEITOS DA REGIÃO DO MUNIM PARA DISCUTIR A VIABILIDADE DE UM PRESÍDIO NA REGIÃO.

CORREGEDOR-JOSÉ RIBAMAR,OUVIDOR LUÍS HENRIQUE E SEBASTIÃO UCHÔA SECRETARIO DA SEJAP.

CORREGEDOR-JOSÉ RIBAMAR,OUVIDOR LUÍS HENRIQUE E SEBASTIÃO UCHÔA SECRETARIO DA SEJAP.

 

PREFEITOS,AXIXÁ,BACABEIRA,CACHOEIRA GRANDE,PRESIDENTE JUSCELINO,HUMBERTO DE CAMPOS E ROSÁRIO.

PREFEITOS,AXIXÁ,BACABEIRA,CACHOEIRA GRANDE,PRESIDENTE JUSCELINO,HUMBERTO DE CAMPOS E ROSÁRIO.

 

PREFEITOS DA REGIÃO DO MUNIM COM O SECRETÁRIO SEBASTIÃO UCHÔA

PREFEITOS DA REGIÃO DO MUNIM COM O SECRETÁRIO SEBASTIÃO UCHÔA

 

 

Atendendo uma solicitação da prefeita de Rosário, Irlahi Moraes, o secretário Sebastião Uchôa convocou uma reunião de trabalho com os prefeitos da região Munim para tratar da viabilidade para construção de um presídio regional na referida região.

O secretário Sebastião Uchôa recebeu na tarde de terça-feira, 03, na sede da Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap), localizada no Outeiro da Cruz, os prefeitos da região do munim. Na ocasião, o secretario falou da transferência da unidade prisional de Rosário, situada no centro daquela cidade, para a zona rural de um dos municípios. Além do secretário Sebastião Uchôa, estavam presentes José de Ribamar Nascimento Filho Corregedor da SEJAP,Luís Henrique França Ouvidor da SEJAP e os prefeitos, de Rosário, Irlahi Moraes, o secretário municipal de educação, Joaquim Francisco, prefeito de Cachoeira Grande Francivaldo Vasconcelos,prefeito de Bacabeira Alan Linhares,prefeita de Axixá Roberta Barreto,prefeito de Presidente Juscelino Afonso Celso e o prefeito de Humberto de Campos Deco e mais alguns secretarios.

O encontro, que teve como objetivo negociar a transferência do estabelecimento penal para um dos municipios, com a finalidade de uma das prefeituras escolhida fazer a doação do terreno, quanto ao projeto e construção ficarar por conta do estado.

Foi bastante proveitoso para todos os presentes. O secretário Sebastião Uchôa disse que será realizada uma analise técnica para estudar a possibilidade desta transferência e outra reunião para definição da situação.

De acordo com ele, o órgão não pode tomar uma decisão precipitada, sendo que a referida unidade passou a ser de responsabilidade da Sejap recentemente. “Vamos fazer um desenho de gestão penitenciária e solicitar junto ao estado uma solução, como ficou marcado uma outra reunião para se definir em qual lugar será construido o presídio que trará mão de obra local para que eles percebam que o presídio não é este mau que eles estão pensando”, disse o secretário.

 

 

Você pode gostar...