TRAGÉDIA: Duas vítimas fatais no acidente com ônibus de escolinha de futebol de Bacabal ao retornar de competição em Goiás.


Vítimas do acidente, Ivanildo e Diego.

BACABAL/MA – Tristeza na cidade de Bacabal, na noite de domingo (22) com a noticia da morte de duas pessoas da cidade que vinham de viagem no ônibus que transportava atletas da escolinha de futebol Verona, de Bacabal, que retornavam do Estado de Goiás onde disputou a 2ª Copa Cidades das Águas Quentes (categoria de base), no município de Caldas Novas.

De Acordo com a Central de Informações Operacionais (CIOP), da Polícia Rodoviária Federal, na noite de domingo (22), o veículo saiu da pista e tombou. A unidade da PRF de Peritoró foi acionada e se deslocou para o local, na rodovia BR-226, entre Tuntum e Barra do Corda, próximo ao km 256.
Na versão de um dos passageiros, um veículo Corolla tentou ultrapassar o ônibus e bateu em sua lateral, mais precisamente em um pneu dianteiro, o jogando para fora da pista.

Ainda segundo ele, as pessoas que vinham em pé no corredor do ônibus comemorando o título conquistado nas competição foram as que mais se feriram, sendo que duas morreram presas as ferragens. As vítimas fatais: o adolescente Diego da Conceição Resende, de 16 anos, e Ivanildo dos Santos Sousa, 48 anos, treinador e responsável pela equipe.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, feito minutos depois do acidente, a voz de Ivanildo é ouvida ao fundo pedindo socorro e dizendo que estava morrendo. A imprensa de Barra do Corda informou que as vítimas foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Os em estado mais grave serão transferidos para o Hospital de Presidente Dutra. Na manhã desta segunda-feira estava programada uma carreata onde os atletas e comissão técnica do Verona comemorariam o título.

No final da noite os atletas que escaparam ilesos ou só com escoriações, retornaram a Bacabal em um veículo cedido pela Prefeitura de Barra do Corda.

Atletas da escolinha em foto feita ainda em Bacabal juntos com o empresário Júnior Alterêdo que colaborou para a viagem.

(FONTE: SERGIO MATIAS)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *