TRISTEZA: Menina desaparecida foi morta e enterrada no quintal de casa.

Corpo da menina sendo removido pelo IML na presença de uma multidão.

PAÇO DO LUMIAR/MA – Triste o desfecho do caso do desaparecimento da menina Alanna Ludmilla, de 10 anos de idade. O corpo da criança, que sumiu misteriosamente desde a última quarta-feira (1º), foi encontrado na manhã desta sexta-feira (3) depois que um vizinho sentiu um forte odor e percebeu uma possível cova. Ela foi enterrada no quintal da casa onde morava, na rua 37, bairro Maiobão, Região Metropolitana de São Luís, de onde havia desaparecido.

O corpo dela estava coberto com pedras, telhas em meio a materiais de construção e apresentava sinais de violência. Alanna estava com as mãos amaradas e um saco envolto na cabeça.

A menina é filha de um cadete do Corpo de Bombeiros e o principal suspeito pelo crime é o padastro dela Robert Serejo, que já prestou depoimentos à Policia Civil e desde então encontra-se desaparecido.

O corpo de Alanna já foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O caso causou comoção geral e atraiu uma multidão para o local para acompanhar o trabalho dos peritos.

 

(FONTE: MINARD)

 

Você pode gostar...