Uma pessoa morre e outra está desaparecida após atropelamento por motorista embriagado na BR-010

Edileia dos Santos Silva, de 32 anos, morreu no local do acidente. O professor Antônio José está desaparecido.

MARANHÃO – Um professor e uma amiga, que estavam em uma motocicleta Honda Bros, de cor preta, foram atropelados por uma caminhonete, dirigida por Roberval Cardoso Campos, na BR-010, na noite desse domingo (20). Ele estava embriagado.

O acidente aconteceu nas proximidades do povoado Bananal. As vítimas são da cidade de Governador Edison Lobão.

A mulher identificada como Edileia dos Santos Silva, de 32 anos, morreu no local do acidente. O professor Antônio José está desaparecido. Ele caiu em um barranco/ribanceira que fica na lateral do acostamento da BR.

Equipes do Corpo de Bombeiros fizeram buscas em toda a área, mas não o localizaram. Acredita-se que ele possa ter caído em um riacho que passa na lateral da BR-010. As buscas serão retomadas no início manhã desta segunda-feira (20).

Pelas informações, a caminhonete teria invadido a contramão. O motorista Roberval é proprietário de uma farmácia no povoado Bananal, mas reside em Imperatriz. O teste do bafômetro confirmou que ele estava acima do limite permitido.

Ele foi autuado por homicídio culposo, previsto no artigo 302, parágrafo 3°, e não cabe fiança. A PRF divulgará mais informações do acidente.

VÍTIMAS DO ACIDENTE E O ACUSADO.

Você pode gostar...