Umbanda de luto: Morre aos 108 anos Babalorixá Bita do Barão

Bita do Barão, natura de Codó, faleceu no início da tarde de hoje, aos 108 anos, no Hospital São Paulo, em Teresina.

CODÓ/MA – Depois de diversas especulações foi confirmada, no início da tarde desta quinta-feira (18), por Janaína Nonato Barbosa, a morte do babalorixá Bita do Barão. O pai de santo estava internado no hospital São Paulo, na cidade de Teresina.

Segundo Janaína Nonato Barbosa, filha de Bita, a família está preparando o corpo para ser velado e sepultado em Codó, no interior do Estado.

“Papai Infelizmente veio a falece aqui no hospital. Estamos cuidando para o corpo ir pro Codó onde acontecerá seu velório”, disse Janaina Nonata de Souza, filha do pai de santo.

O pai de santo estava internado há cerca de 4 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Seu estado de saúde era considerado gravíssimo e irreversível. Há algum tempo ele vinha apresentando sintomas de Alzaimer.

Nas últimas 3 semanas isso agravou-se de tal maneira que o fez perder, praticamente, 90% de sua memória.

Foi então que a filha, Janaína Nonato de Sousa, passou a procurar ajuda médica nos grandes centros especializados passando por São Luís, Teresina e até por São Paulo.

Há informação, dentro deste período do agravamento da Alzaimer, de que ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral o que o deixou ainda mais debilitado

O corpo de Bita do Barão será levado, ainda nesta quinta, para a cidade de Codó. O velório vai acontecer na residência do pai de santo na rua rui Barbosa, no Centro da cidade.

O pai de santo

Wilson Nonato de Souza, o Bita do Barão, era o babalorixá mais conhecido do Brasil e iria completar 109 anos em 2019. Bita morava na cidade de Codó, no Palácio de Iansã, onde recebia diversas pessoas, muitas delas influentes, como políticos e famosos.

No palácio, Bita do Barão realizava rituais de incorporação, consultas, entre outras atividades ligadas à Umbanda. Médium desde a juventude, Wilson Nonato recebeu o apelido de Bita, porque era agitado como um bode e, na linguagem do interior do Maranhão, bita significa bode. Já o barão, é uma referência ao Barão de Guaré, a entidade que o pai de santo recebia.

Em 1954, Bita do Barão fundou sua Tenda Espírita de Umbanda, Rainha Iemanjá, que recebeu personalidades, entre políticos e artistas.

Seu poder aquisitivo também cresceu e na cidade de Codó e ele mantém projetos sociais, além de festas religiosas que atraem pessoas do mundo todo.

Pai de santo Bita do Barão não resistiu e morreu no início da tarde desta quinta-feira (18) no Hospital São Paulo, em Teresina.

Você pode gostar...