Unidades de saúde da rede estadual reforçam prevenção das ISTs e Aids no carnaval.

No Carnaval da Saúde, a equipe do Hospital Juvêncio Mattos fez mobilização e sensibilização da população na área interna e externa da unidade.

MARANHÃO – Foliões, pacientes e acompanhantes participam de ações educativas, lúdicas e integrativas nas unidades da rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Entre bailinhos e palestras, ações sobre prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), sensibilização pelo respeito e contra o assédio, prevenção de acidentes de trânsito e campanha para doação de sangue.

Nesta sexta-feira (1°), 20 funcionários da Maternidade Benedito Leite realizaram mais uma ação alusiva ao carnaval. Com o tema “Um parto saudável no carnaval”, foram distribuídos mais de 100 kits de prevenção contendo camisinhas masculinas e femininas, géis lubrificantes e panfletos informativos para os usuários do serviço. 

Tamara Gomes, de 27 anos, completou nove meses de gestação. Ela destacou os benefícios da ação. “O uso do preservativo evita também de a pessoa ser infectada por alguma doença, prejudicando a si e se transformando em risco para outros”, ponderou. 
Para Ítalo Jorge, de 25 anos, pai do Ícaro Ruan, a prevenção deve acontecer diariamente. “Neste período festivo muitos não têm o cuidado de se proteger contra doenças. Informação é tudo, não importa se no carnaval ou não”, disse. 
O diretor-geral da Maternidade Benedito Leite, Manoel Caldas Pimentel, ressaltou que regularmente a unidade desenvolve ações preventivas. “Sempre neste período fazemos alguma manifestação. Aproveitamos a oportunidade e reiteramos a importância de falar com os pacientes e acompanhantes sobre prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis. Nós vamos intensificar a ação até a Quarta-feira de Cinzas, mas enfatizamos que a mobilização é feita durante todo o ano”, disse.

No Carnaval da Saúde, a equipe do Hospital Juvêncio Mattos fez mobilização e sensibilização da população na área interna e externa da unidade, acompanhada pelos mascotes da Turma do Joca, da Prefeitura de São Luís. O grupo animou a atividade e repassando orientações ao público sobre trânsito seguro. Além disso, a equipe do hospital realizou panfletagem sobre os riscos do uso de álcool e outras drogas e a prevenção das ISTs antes, durante e após a folia momesca.  
Na ocasião, oferta de teste rápido para hepatites virais e sífilis. As hepatites virais são doenças silenciosas, ou seja, nem sempre apresentam sintomas. Quando eles aparecem, podem ser cansaço, febre, mal-estar, tontura, entre outros. A sífilis é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) curável e exclusiva do ser humano, causada pela bactéria Treponema pallidum. A sífilis pode ser transmitida por relação sexual sem camisinha com uma pessoa infectada, ou para a criança durante a gestação ou parto. 

E as crianças também entraram na folia. Os pequenos assistidos no Centro de Referência em Neurodesenvolvimento, Assistência e Reabilitação de Crianças (Ninar) e Hospital Juvêncio Mattos, nesta quinta-feira (28), desfilaram suas fantasias nos bailinhos das unidades. 
Blitz
A blitz educativa do Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), levou mais informações para os foliões do reinado de Momo, nesta quinta-feira (28), na Avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís. 

Na ação foram distribuídos kits de prevenção contendo preservativos masculinos e femininos, além de géis lubrificantes e panfletos. O Detran-MA orientou a população sobre Lei Seca, bem como os cuidados para segurança no trânsito.  
A coordenadora do Núcleo de Educação e Comunicação (NEC) do HCM, Nubiana Pinheiro, destacou que o objetivo da ação. “Fizemos uma parceria com o Detran-MA para que ao unir forças pudéssemos levar informação tanto de saúde como de segurança no trânsito. Nós trouxemos cerca de 400 itens sobre prevenção a Infecções Sexualmente Transmissíveis, além de kits informativos sobre nutrição e hidratação no Carnaval”, disse.  

Para Ariana Barros, membro da equipe de Coordenação de Educação para o Trânsito do Detran-MA, a ação teve foco educativo com ênfase na Lei Seca. “Nós trouxemos as ações do programa ‘Se Liga Na Via’, onde compartilhamos informações sobre os perigos que existem após misturar bebida alcoólica com direção veicular”, destacou. 
O estudante de medicina Jefferson Machado, de 34 anos, disse que ações educativas são necessárias. “É muito importante que o Governo tenha essa preocupação de informar a população sobre formas de evitar infecções sexualmente transmissíveis. Independente de feriado ou festas populares, levar educação, seja ela qual for, é essencial”, disse. “Esta iniciativa é bem-vinda em todos os sentidos, seja para segurança do corpo como de estar atento para uma condução responsável”, complementou Ubiraci Gomes, de 38 anos. 
Caxias
Profissionais do Hospital Regional de Caxias Dr. Everaldo Ferreira Aragão também fortaleceram as diversas formas de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) como HIV/Aids junto ao público da unidade. Funcionários percorreram as alas da unidade distribuindo informativos e entregando preservativos.

GALERIA DE FOTOS

Hospital juvencio Mattos, bailinho de carnaval.

Bailinho do Ninar.

TESTAGEM NO HOSPITAL JUVÊNCIO MATTOS.

Você pode gostar...