Vereador Marcial Lima solicitou à Prefeitura de São Luís a criação de uma “Central de Reclamações” para atender reclamação de multas indevidas. 

VEREADOR MARCIAL LIMA.

SÃO LUÍS/MA – Ao se manifestar contra o que chamou de indústria de multas eletrônicas de trânsito, o vereador Marcial Lima (PEN) solicitou à Prefeitura de São Luís a criação de uma central de reclamações para atender condutores que se sentirem lesados. Para ele, o prédio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), no bairro Maranhão Novo, não dispõe de estrutura adequada para acomodar as pessoas que procuram o órgão para contestar as autuações.

Marcial mostrou-se preocupado com as sucessivas denúncias que vem recebendo em seu gabinete e acompanhado pela imprensa de motoristas autuados em duplicidade e até em maior quantidade pelos equipamentos de fiscalização eletrônica de trânsito recém-instalados na capital.

O vereador citou o caso de um cidadão da iniciativa privada, cuja identidade preferiu não revelar, que recebeu, só nesta semana, nada menos do que 18 autuações em seu endereço, todas elas indevidas, pois indicavam, quase sempre, o mesmo horário e o mesmo local para as infrações.

Ao sair em defesa do interesse da população, Marcial apela à administração municipal para que suspenda a fiscalização eletrônica, que, na opinião dele, é falha. Assista:

Você pode gostar...