WEVERTON ROCHA, O DEPUTADO BLACK BLOC, VAI TENTAR REELEIÇÃO.

Demolição do ginásio Costa Rodrigues custou R$ 5 milhões

Demolição do ginásio Costa Rodrigues custou R$ 5 milhões.

SÃO LUÍS – Foi lançada oficialmente neste sábado, 26, a campanha de Weverton Rocha (PDT) a deputado federal. Rocha ficou famoso depois que o ex-governador Jackson Lago (PDT) disse no Maranhão inteiro: “Eis aqui o meu sucessor” Quando fecharam o caixão de Jackson, o menino prodígio tomou conta do PDT e o seu primeiro ato foi alijar do partido as pessoas mais próximas do ex-governador: a esposa Clay Lago e o filho Igor Lago. Ambos foram buscar abrigo no PPS.

Mas o auge da fama de Weverton ocorreu quando ele era secretário estadual de Esportes e Juventude e mandou demolir o ginásio Costa Rodrigues (foto), um patrimônio dos maranhenses. O secretário foi denunciado por ter pago antecipadamente R$ 5 milhões a uma empreiteira para reformar o ginásio, que estava em perfeitas condições de funcionamento.

Ato contínuo, ele candidatou-se a deputado federal e a obra nunca foi concluída. A demolição do Costa Rodrigues foi um dos maiores atos de vandalismo já praticado por um político no Maranhão.
O ginásio, durante muitas décadas, foi palco dos Jogos Estudantis Maranhenses (JEMs), deu emprego a muitos profissionais de Educação Física e proporcionava um saudável ambiente de convivência à juventude ludovicense.
Nem todos os black blocs juntos, atirando pedras e coquetéismolotov, teriam força para dilapidar um patrimônio público com tanta rapidez.

Ainda bem jovem, Weverton fora denunciado também por desvio no dinheiro das carteiras de estudantes, quando mandava e desmandava na União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES). Neste sábado, ele falou sobre a mudança no Maranhão. O acordo para elegê-lo novamente deputado federal já está armado. Ele não só vai renovar o mandato como será um dos políticos mais influentes em um eventual governo Flavio Dino (PCdoB).

E assim, quem sabe, ele até nomeia o secretário de Esportes e acerta com uma empreiteira para terminar a obra do Costa Rodrigues, pagando de novo com o dinheiro do povo.

 

 

 

FONTE: EXTRAÍDA DO BLOG DIEGO EMIR COM AUTORIA DE ED WILSON.

Você pode gostar...